A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quinta-feira, 17 de Agosto de 2017

05/09/2016 12:36

Sem receber há 2 meses, trabalhadores do tapa-buraco vão parar atividades

Empresa teria afirmando que um dos atrasos poderá ser pago na sexta-feira

Mayara Bueno
Trabalhadores vão cruzar os braços na terça-feira. (Foto: Fernando Antunes)Trabalhadores vão cruzar os braços na terça-feira. (Foto: Fernando Antunes)

Trabalhadores da Selco Engenharia, que realizam o serviço de tapa-buraco nas vias da cidades, vão paralisar as atividades na terça-feira (6), por conta do atraso no pagamento dos salários de julho e agosto, por parte da empresa.

A intenção é se reunir em frente ao pátio da companhia, localizado na Rua Mem de Sá, em Campo Grande. Atualmente, a empresa mantém 10 equipes, com 12 trabalhadores cada.

De acordo com o presidente do Sinticop (Sindicato dos Trabalhadores na Construção Pesada de Mato Grosso do Sul), Walter Vieira dos Santos, já foi feito contato com a empresa, que se posiciona dizendo que o pagamento de um mês poderá ser feito na sexta-feira (9), mas que não há data para quitar a outra remuneração atrasada.

Ao sindicato, a informação da Selco seria de que a Prefeitura de Campo Grande, com quem mantém contrato, não teria repassado o valor referente as medições. O Campo Grande News procurou a empresa, por telefone, mas as ligações não foram atendidas.

Retaliação – Em junho, 25 funcionários da Selco foram demitidos, após cruzarem os braços em protesto por atraso salarial. Na ocasião, a denúncia que foi uma retaliação e que os trabalhadores não receberam pagamento.

A Selco é ré em ação proposta pela força-tarefa do MPE (Ministério Público Estadual), que apontou irregularidades em contratos entre a empresa e o Município para serviço de tapa-buraco.

A reportagem também tentou contato com  a Prefeitura de Campo Grande, via email, para saber se há atraso no repasse das verbas, mas, não conseguiu retorno até o fechamento e publicação deste texto. 




imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions