A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Domingo, 22 de Abril de 2018

07/07/2011 19:20

Senador de MT é o primeiro na lista para o Transportes, diz líder do PR

Iolando Lourenço, da Agência Brasil

O senador Blairo Maggi (PR-MT) é o primeiro da lista do PR para ser ministro dos Transportes, na vaga deixada pelo senador Alfredo Nascimento (PR-AM). A afirmação foi feita pelo líder do partido na Câmara, deputado Lincoln Portela (MG). “Ele (Blairo) não me oficializou se recebeu ou não o convite para o ministério. Ele seria um bom nome do para o cargo. Mas a confirmação tem que vir da presidenta Dilma Rousseff”.

Portela disse que reuniu-se hoje com o líder no Senado, Magno Malta (ES) e Blairo Maggi para tratar da escolha do nome do partido para o Ministério dos Transportes e que o mais cogitado para o cargo foi o de Blairo. “Ele (Blairo) nos disse que tinha que fazer avaliação sobre questões pessoais e de suas empresas para verificar se poderia ou não assumir o ministério”.

Segundo o líder do PR, há de oito a dez nomes do partido que poderiam ocupar o cargo. No entanto, ele disse que não existe um segundo nome na lista. Segundo ele, os líderes e Blairo deverão se reunir na quarta-feira da próxima semana para continuarem as negociações em torno da sucessão.

O parlamentar informou, ainda, que os líderes na Câmara e no Senado e Blairo aguardam uma convocação da presidenta Dilma Rousseff para tratar da sucessão.

Em relação à resistência ao secretário executivo, Paulo Sérgio Passos, para permanecer à frente do ministério, o deputado disse que Paulo Sérgio é um bom nome, mas que o partido precisa verificar qual é o melhor para o cargo.

O líder também disse que o ex-ministro Alfredo Nascimento e o deputado Valdemar Costa Neto afirmaram que não vão participar do processo de escolha do nome para o Ministério dos Transportes. De acordo com ele, o PR não está magoado com o governo por causa da substituição de Nascimento, “porém há setores do partido que ficaram um pouco desgostosos com a saída de Nascimento”.

Em relação à representação do P-SOL contra o senador Alfredo Nascimento por quebra de decoro parlamentar, Portela disse que o partido está no seu direito constitucional de representar, “mas sem nenhum fundamento, porque Alfredo Nascimento em nada quebrou o decoro. E o P-SOL precisa aprender que a presunção da inocência faz parte da Constituição”.



Srs. políticos, não estão aí para representar o povo? Então já nos perguntaram se queremos um Ministro moto-serra?
 
gloria aparecida em 07/07/2011 10:31:26
Queda de ministro não afeta obras em MS, diz superintendente do Dnit
Mesmo com a queda do ministro dos Transportes, Alfredo Nascimento, em meio a denúncia de esquema de cobrança de propina na pasta, o superintendente d...
Arroyo diz que ex-ministro deve ser investigado para não “manchar" o nome do PR
O deputado estadual Antônio Carlos Arroyo (PR) afirmou que as denúncias contra o ex-ministro dos Transportes, Alfredo Nascimento e sua cúpula devem s...
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions