A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Domingo, 24 de Março de 2019

01/02/2019 14:46

Senadores de MS são a favor do voto aberto para escolha do presidente

Até então, a escolha é feita com voto fechado, mas há pressão de parlamentares para inverter a lógica

Mayara Bueno
Senadores no plenário do Senado durante posse nesta sexta-feira (dia 1º). (Pedro França/Agência Senado).Senadores no plenário do Senado durante posse nesta sexta-feira (dia 1º). (Pedro França/Agência Senado).

Os três senadores de Mato Grosso do Sul assinaram documento a favor do voto aberto para escolher o presidente do Senado. A sessão de posse ocorre nesta sexta-feira (dia 1º) e, mais tarde, os 81 parlamentares vão escolher quem vai presidir os trabalhos da Casa de Leis - são, a princípio, oito candidatos.

Nos últimos dias, a pressão sobre a mudança sobre a forma de votação aumentou. Até então, a eleição da Mesa Diretora acontece com votos secretos, mas os parlamentares tentam mudar a regra, se baseando na Constituição Federal, que diz que as decisões estatais sejam divulgadas para a população.

Segundo divulgado pela Folha de São Paulo, pela coluna Antagonista, até agora, 41 senadores assinaram a folha sobre o voto aberto. De Mato Grosso do Sul, Nelson Trad Filho (agora no PSD), Soraya Tronicke (PSL), ambos assumindo mandato este ano, e Simone Tebet (MDB) estão na lista.

"Pela democracia, pela transparência, pelo meu compromisso com o povo de Mato Grosso do Sul, voto aberto nas eleições para a mesa diretora do Senado Federal. Na Câmara Municipal de Campo Grande, em 2001, eu vencia uma batalha por votações abertas e seguirei lutando por isso”, disse o senador Nelson Trad Filho, em publicação no Facebook.

Contudo, a discussão sobre a presidência será a partir das 18 horas, de Brasília.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions