A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quinta-feira, 17 de Agosto de 2017

15/12/2016 11:12

Sobrinho de ex-deputado é condenado após receber por 4 anos sem trabalhar

Ângela Kempfer

O sobrinho do ex-deputado estadual Ary Rigo foi condenado em primeira instância por receber salários durante mais de 4 anos, mesmo sem prestar serviços à Assembleia Legislativa de Mato Grosso do Sul. O juiz da 1ª Vara de Direitos Difusos, Coletivos e Individuais Homogêneos de Campo Grande, Marcelo Ivo de Oliveira, concluiu que Fiorelo Rigo recebeu indevidamente salários de janeiro de 2011 a maio de 2015.

Ele terá de ressarcir os cofres públicos em R$ 123.225.00. Também foi fixada multa civil no equivalente a duas vezes o valor do último salário, que será revertida à Assembleia Legislativa.

Na lista de sanções, Fiorelo também teve suspensão dos direitos políticos por três anos, fica proibido de contratar como Poder Público ou receber benefícios ou incentivos fiscais pelo mesmo período.

Segundo denúncia do MPE (Ministério Público Estadual), o sobrinho do ex-deputado foi cedido pela Assembleia à prefeitura do interior do Estado, como técnico administrativo, mas nunca apareceu por lá.

Na sentença, o juiz destacou que o réu não conseguiu repassar informações básicas de que teria exercido a função. “Nem sequer foi capaz de apresentar com exatidão a data em que supostamente teria iniciado seus trabalhos”, escreveu o juiz.

Contra ele, o MPE anexou holerites de pagamentos regulares feito a Fiorelo. O caso foi enquadrado como crime de improbidade administrativa, com prejuízo ao erário.

A ação foi proposta pelo MPE, contra funcionários fantasmas da Assembleia Legislativa e veio a público depois do vazamento de conversa entre o estadual Paulo Côrrea (PR) e Felipe Orro (PSDB),  com dicas sobre como fraudar a folha de ponto.

O Campo Grande News procurou Fiorelo, mas ele não quis falar sobre a condenação. “Nem estou sabendo disso”, garantiu. Ele disse apenas que está “afastado” da Assembleia.

Governador assina ordem de serviço para asfalto e entrega viaturas hoje
O governador Reinaldo Azambuja (PSDB) assina nesta quinta-feira (17), ordem de serviço para pavimentação e drenagem de águas pluviais em seis quilôme...
Ainda tem o que entregar sobre Michel Temer em delação, diz Funaro
O corretor de valores Lúcio Bolonha Funaro, preso na Papuda, em Brasília, disse nesta quarta (16) que "ainda tem" o que entregar sobre o presidente M...
Sem consenso, Câmara adia votação da reforma política
Sem consenso e diante de muita polêmica, o plenário da Câmara dos Deputados adiou na noite desta quarta-feira (16) a votação do texto-base de parte d...



Como este cidadão tem milhares no poder público, só procurar que acha! Se fizesse isso com todos, com certeza a situação da nossa cidade mudaria para melhor!
 
SELMA LOPES em 15/12/2016 16:16:49
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions