A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Domingo, 20 de Agosto de 2017

11/12/2015 12:49

Solurb "capinou lagoa" e cortou grama onde não existe, afirma Bernal

Antonio Marques
O prefeito Alcides Bernal acusou a Solurb de cobrar por capinação da Lagoa Itatiaia (Foto: Arquivo)O prefeito Alcides Bernal acusou a Solurb de cobrar por capinação da Lagoa Itatiaia (Foto: Arquivo)

O prefeito Alcides Bernal (PP) disse, na manhã de hoje (11), durante evento na sede da Secretaria Municipal de Segurança, que ainda nesta sexta-feira, vai ter uma reunião com a PGM (Procuradoria Geral do Município) para discutir as providências a serem tomadas contra a Solurb, por conta do parecer elaborado pelo órgão que está em fase de conclusão. Também vai tratar do resultado da auditoria da comissão criada para analisar as três notas fiscais, que a empresa tenta receber do município na justiça. Conforme Bernal, a Solurb quer receber pela capinação da lâmina d'água da Lagoa Itatiaia.

Segundo o prefeito, ainda não é possível dizer qual a providência será tomada, mas considera a situação muito grave. “É preciso tomar alguma providência, mas ainda dependo do parecer da procuradoria. A situação tem causado graves prejuízos à sociedade e exposto a população a riscos de saúde”, destacou, referindo-se ao agravamento da epidemia da dengue.

Para Bernal, a Solurb está consumindo recursos públicos e a qualidade dos serviços não é boa qualidade. “Vemos a olhos nus que o serviço não é de qualidade e isso é incontestável”, reiterou, completando que isso vai demandar providência, que precisam ser tomadas com base em critérios técnicos e jurídicos.

Segundo o prefeito, a PGM está concluindo o parecer sobre o contrato da Solurb e também vai usar as informações encaminhadas pela Polícia Federal.

Outra conclusão que deve sair na próxima segunda-feira, 14, é o relatório da auditoria feita pela Comissão constituída perante ao Poder Judiciário para analisar as três notas fiscais da Solurb, que estão sendo cobradas judicialmente. “O que posso dizer é o que constato diariamente. A Solurb não vem realizando o serviço como deveria fazer”, reclamou Bernal, citando que vê ainda sujeiras e galhos nas ruas, especialmente na região central.

Ainda em relação ao trabalho da auditoria, Bernal revelou que alguns serviços que a empresa pretendia cobrar não foram executados. Ele citou o exemplo da Lagoa Itatiaia. “Na medição apresentada na nota fiscal da Solurb, a lâmina d'água parecia como área que havia sido capinada. Como é que você vai capinar a lagoa Itatiaia”, questiona o prefeito.

Bernal disse ainda que foi constatado em outra nota fiscal que um trecho da Rua Ceará, entre as avenidas Mato Grosso e Coronel Antonino, a Solurb cobrou pelo serviço como se houvesse calçada com grama nas laterais da Ceará e “a gente sabe que não tem grama nas calçadas da Rua Ceará, com exceção da praça que tem na esquina com a Rua Amazonas, mas é cuidada pelo programa de parceria com as empresas para cuidar da conservação do local”, explicou.

Sobre a possibilidade de ter conversado com empresas de São Paulo para a substituição da Solurb, o prefeito negou que exista conversas neste sentido. “Isso é especulação nociva, fruto da riqueza de gente mal intencionada querendo causar transtorno político e administrativo”, concluiu Bernal.

O Campo Grande News ligou no telefone da superintendência da empresa Solurb para esclarecer as questões levantadas pelo prefeito, mas ninguém atendeu as ligações.




Tudo bem, concordo com o Bérna, mas vamos ser honestos, a qualidade do recapeamento e da tampada dos buracos nas ruas de Campo Grande também é péssima, e aí? Vão receber por isso assim mesmo ou o prefeito que estava inclusive fiscalizando o trabalho vai deixar de pagar?
 
Max em 11/12/2015 16:47:17
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions