A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quinta-feira, 20 de Setembro de 2018

31/03/2018 13:48

Sondado por DEM e PSDB, deputado define novo partido até quarta-feira

José Carlos Barbosa afirma que chances de continuar no PSB são remotas e pretende, antes de decisão, avaliar quadros que disputarão eleição para a Assembleia Legislativa

Humberto Marques
Barbosinha considera difícil permanência no PSB e garante definir destino partidário até quarta-feira (3). (Foto: ALMS/Divulgação)Barbosinha considera difícil permanência no PSB e garante definir destino partidário até quarta-feira (3). (Foto: ALMS/Divulgação)

Sondado por DEM e PSDB como reforço para as eleições deste ano, o deputado estadual José Carlos Barbosa decidirá até quarta-feira (3) seu destino partidário, já admitindo serem remotas as chances de continuar no PSB. A migração ocorre dentro da janela partidária, período no qual é permitido a parlamentares no exercício de mandato se desfiliarem dos partidos originais sem o risco de perderem os mandatos.

Barbosinha vem sendo apontado como reforço certo para o DEM –que ainda em 2017 recebeu a deputada federal Tereza Cristina e, mais recentemente, viu Murilo Zauith, ex-prefeito de Dourados, retornar à legenda, ambos vindos também do PSB–, embora também tenha um convite do PSDB, do governador Reinaldo Azambuja, para reforçar a legenda e disputar a reeleição.

“Defino [o partido] até quarta-feira”, disse o deputado ao Campo Grande News. Segundo ele, pesará na decisão “um grupo político que gere possibilidade de eleição. Preciso saber, por exemplo, os nomes do DEM para deputado estadual”. “É hora de fazer cálculos”, emendou Barbosinha.

Questionado sobre as chances de permanência no PSB –que recentemente recebem o deputado federal e candidato à reeleição Elizeu Dionízio (ex-PSDB) e, nacionalmente, anunciará em 7 de abril a filiação do ex-ministro do Supremo Tribunal Federal, Joaquim Barbosa, na condição de pré-candidato à Presidência da República–, Barbosa, admitiu a possibilidade, embora a veja como remota.

“As chances de permanecer no PSB são pequenas, mas isto não está descartado”, pontuou o deputado estadual.

A janela partidária será encerrada em 7 de abril, data limite também para que eventuais candidatos no processo eleitoral deste ano escolhem uma legenda para se filiarem.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions