ACOMPANHE-NOS    
NOVEMBRO, SEXTA  27    CAMPO GRANDE 28º

Política

Sorteio define Marcelo Bluma como 1ª candidato a aparecer no horário eleitoral

Sorteio foi realizado em videoconferência nesta sexta e Marcelo estreia a propaganda eleitoral no dia 9 de outubro

Por Ana Paula Chuva | 02/10/2020 17:30
Entrada do TRE em Campo Grande. (Foto: Henrique Kawaminami | Arquivo)
Entrada do TRE em Campo Grande. (Foto: Henrique Kawaminami | Arquivo)

A sequência em que os candidatos aparecerão no primeiro dia do programa eleitoral em Campo Grande foi sorteada em reunião virtual, nesta sexta-feira (2), na 35ª Zona Eleitoral da Capital, conduzida pelo juiz Thiago Nagazawa Tanaka.

As propagandas eleitorais começam na próxima sexta-feira (9) e vão até 12 de novembro, três dias antes da data do primeiro turno - 15 de novembro. Em caso de 2º turno, as propagandas serão veiculadas entre 20 e 27 de novembro - e o pleito no dia 29.

O primeiro partido sorteado foi o PV (Partido Verde), que tem como candidato a prefeito Marcelo Bluma. Na sequência, aparecerão na propaganda Esacheu Nascimento (PP), Paulo Matos (PSC), Guto Scarpanti (Novo), Dagoberto Nogueira (PDT) e Márcio Fernandes (MDB).

Completam a lista, Marcelo Miglioli (Solidariedade), Sidnéia Tobias (Podemos), Cris Duarte (PSOL), João Henrique Catan (PL), Pedro Kemp (PT), o candidato do PSL que ainda está a definir judicialmente, Marquinhos Trad (PSD) e Sérgio Harfouche (Avante).

As propagandas serão veiculadas em emissoras de rádio e televisão de segunda a sábado e a ordem será alternada ao longo dos dias. Quem aparecer primeiro na sexta, será o último no próximo dia de exibição, seguindo nessa alternância daí em diante.

Na TV, as inserções serão feitas em horário local, das 5h às 23h, exceto a TV Morena que usará o horário de Brasília, de segunda a sábado, com dois períodos diários de 10 minutos. Já nas rádios, as inserções de 30 segundos serão divididas em três blocos de segunda a domingo: das 5h às 11h, das 11h às 18h e das 18h às 24h, em horário local.

Ordem e tempo - Ao todo, são 14 agremiações participando da eleição, sendo 11 partidos e três coligações. De acordo com o TSE (Tribunal Superior Eleitoral), 90% do tempo de programa é distribuído de forma proporcional ao número de representantes dos partidos na Câmara Federal e os outros 10% divididos de forma igual entre todas as legendas.

Para eleição deste ano foi dividido o tempo em 60% aos candidatos a prefeito e 40% para os postulantes ao cargo de vereador. Alguns partidos não terão tempo disponível por não atingir a cláusula de barreira: PMN, PTC, DC, Rede, PCB, PCO, PMB, PRTB, PSTU e UP.

Maiores bancadas - Responsável por 90% da divisão do tempo, a maior bancada da Câmara Federal é do PT, com 54 deputados, seguido por PSL (52), PP (38), PSD (35), MDB (34), PL (33), PSB (32), Republicanos (30), Democratas (29) e PSDB (29). Com base nestes dados, o TRE-MS vai fazer o cálculo para definir qual o tempo de cada candidato na eleição deste ano.

Nos siga no Google Notícias
Regras de comentário