A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sexta-feira, 20 de Julho de 2018

15/04/2013 17:47

TCE vai investigar contratação de pessoal para combater a dengue

Zemil Rocha
Waldir é relator da Inspeção Extraordinária na prefeitura da Capital (Foto: Arquivo)Waldir é relator da Inspeção Extraordinária na prefeitura da Capital (Foto: Arquivo)

O Tribunal de Contas do Estado (TCE) também vai averiguar a contratação de pessoal sem concurso público para implementar ações de combate à dengue em Campo Grande. Além da contratação de empresa de fornecimento de combustível e das suplementações ou remanejamentos orçamentários, esse é mais um item da investigação, segundo consta do teor da decisão do TCE, publicado hoje no Diário Oficial do órgão.

Com os crescentes casos da doença, a Prefeitura decretou situação de emergência e com isso ficou autorizada a comprar medicamentos e a contratar pessoal sem licitação e por processo de seleção simplificado. Inicialmente o trabalho foi realizado pela Secretaria Municipal de Infraestrutura (Seintrha), que com a criação do Programa Saúde em Ação, dia 4 de janeiro, deslocou três equipes para recolher lixo e entulhos nos bairros com maior incidência da dengue. Os trabalhadores temporários vão contratados um pouco depois. Só no dia 14 de fevereiro foram contratados 159 trabalhadores na área administrativa e enfermagem para atuar por por tempo determinado. A situação desses contratos será investigada pela equipe do TCE.

Na decisão simples nº 00/0014/2013, a Corte de Contas do Estado também autorizou, com a aprovação da Inspeção Extraordinária na Prefeitura de Campo Grande, a apuração de “outros indícios de irregularidades” que cheguem ao conhecimento dos técnicos e conselheiros. Essa medida evita que seja necessária nova deliberação do plenário do TCE no caso do surgimento de outras evidências de falhas ou ilegalidades na gestão contábil, financeira, orçamentária ou patrimonial da prefeitura.

Relator da Inspeção Extrordinária, o conselheiro Waldir Neves já tinha informado aos demais conselheiros que outras denúncias chegaram ao seu conhecimento e serão investigadas. “Sempre que necessário vamos adotar novas averiguações prévias e se for preciso adotar medidas cautelares”, avisou Neves. Aliás isso já aconteceu no mês passado.

No dia 16 de março, o Tribunal de Contas suspendeu cautelarmente a licitação para a compra de merenda escolar pela Semed (Secretaria Municipal de Educação). O pregão seria aberto na tarde daquele dia, mas teve que ser cancelado, em razão de o TCE ter considerado que havia exigência no edital que poderia beneficiar determinado fornecedor.

Técnicos do TCE já começam a se preparar para fazer plantão na Prefeitura de Campo Grande e cobrar documentos sobre o contrato emergencial de compra de gasolina, firmado sem licitação com o Posto Emanuele Ltda por seis meses, no valor 855 mil. O conselheiro Waldir Neves considerou que a anulação da licitação anterior da compra de combustível acabou sendo seguida pela ausência de impessoalidade na escolha do fornecedor. O TCE acatou esse entendimento, ao decretar a inspeção.

Também serão analisadas todas as transferências de rubricas orçamentárias, que totalizam R$ 40 milhões até agora. A essas transferências o secretário de Planejamento e Finanças da Prefeitura de Campo Grande chama de “suplementações” e garante que estão dentro do limite de 5% (R$ 135 milhões) aprovado pela Câmara, enquanto os vereadores a definem como “remanejamentos” que não teriam passado por autorização legislativa.

 

 



Este é o Conselheiro que em vez de se declarar suspeito na prestação de contas da Câmara Municipal de Sidrolândia, a qual o seu irmão desviou muito dinheiro, julgou as contas do irmão e confirmou uma multa de pouco mais de R$ 1.000,00, algo insignificante para o desvio de dinheiro que o irmão realizou.
 
Roberto Domingos em 16/04/2013 22:30:14
Será que esse Tribunal tem lisura para Investigar alguma coisa ??
 
Reinaldo Sandim em 16/04/2013 10:45:28
WALDIR VOLTA PRA MIRANDA,LÁ QUEM SABE? VC PODE SER MAIS ÚTIL!
 
osvaldo willian da silva em 16/04/2013 10:36:05
* A quer dizer agora que o waldir neves agora é certinho ? me perdoe , mais na monha opinião esse homem foi um deputado nota zero .....
 
ANTONIO SILVA em 16/04/2013 10:09:23
hahaha............o waldir agora quer trabalhar ,onde estava td esse tempo que ninguem ouviu falar mais dele? agora ele ressurge .enganar quem?
 
catarina almeida em 16/04/2013 08:58:05
Cada vez que aparecer uma pessoa do nível desse Valdir Neves vai fortalecer as posições do Bernal, com certeza.
 
Roberson Ferraz em 16/04/2013 08:51:06
Povo de Campo Grande vejam só, que o Bernal, é milagreiro pois até mortos ele faz resurgir das trevas OLHA o Waldir Neves ai o pau mandado do André, na época que era outro prefeito ele estava adormecido, agora por milagre resurge das trevas dizendo que é para defender o interreses da população, quem acredita nele? os interreses que ele cuida é do seu dono o Governador ditador André que usa o chapéu alheio, do governo federal.
 
José Antonio da Silva em 16/04/2013 08:39:37
Alcides Bernal melhor prefeito que campo grande ate o tribunal de contas está trabalhando os vereadores visitando ceinfs isso tem que se registrar é historico
parabens bernal kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk
 
joao batista em 16/04/2013 08:33:06
sr waldir neves vc nem e daqui de campo grande,porque nao vai cuidar da sua cidade,e deixa o prefeito trabalhar em pazzzzzzz o ze povinho que gosta de destruir o que ainda nem começou direito ,vai trabalhar meeeeuuuuu.
 
Agnaldo Silva em 16/04/2013 08:32:18
O processo seletivo de Coordenadores de Núcleo da FUNESP também merece uma investigação rigorosa. Tem gente sendo contratado sem ao menos passar pela entrevista técnica e com a nota da prova de títulos abaixo de outros candidatos que não foram contratados. É só acompanhar o Diário Oficial para perceber esta irregularidade.
 
Tamara Barros em 16/04/2013 08:14:13
Hoje o que aparece de criaturas estranhas que nunca trabalharam, mas aparecem com melancia no pescoço e saem na mídia como se algum dia se preocupou com a população. É incrível e ainda tem gente que dar valor.
 
luiz alves em 16/04/2013 08:00:55
Tinha que investigar o processo seletivo dos coordenadores de núcleo da FUNESP. Tem pessoas sendo contratadas sem passar pela entrevista técnica e com a nota da prova de títulos abaixo de outros que não foram contratados. É só acompanhar o diário oficial para compravar o que estou comentando.
 
Maria Eduarda Lima em 16/04/2013 07:57:30
O cara de fuinha acima e pelego do Andre, assim como essa midia.
 
joao de deus em 16/04/2013 07:44:08
Pq o TCE nao investiga o hospital d cancer,onibus doados pelo governo federal,e deixe d perseguir um prefeito q assumiu a 90 dias,obs..nao votei no Bernal...
 
Ana Paula em 15/04/2013 21:50:51
Caracas campo grande fez 100 dias de emancipação.... parabens!! Campo grande agora tem tribunais de contas, ministerios publicos, camara ativa, etc, etc.... Quem diria hein... Bando de hiprocritas...
 
fabio Lima em 15/04/2013 21:29:14
Que os Membros desta Corte investiguem, também, a revogação de Ato de nomeação de pessoal aprovado em concurso público de provas e títulos, que se fez público no DIOGRANDE na data de 21/01/2013.
 
Carlos Silva Olivieira em 15/04/2013 20:26:40
ADVINHA QUEM COLOCOU ESSE DA FOTO NO TRIBUNAL DE CONTAS, AGORA TA ESPLICADO A NAO FISCALIZAÇAO DAS OBRAS FARAONICAS NO ESTADO .EX;UMA PONTE DE CONCRETO VALER DOIS MILHOES?
 
luis jose de oliveira em 15/04/2013 20:04:25
retificando, da saúde em geral de todos os governantes, pois dinheiro tem, o que falta é vergonha dos vereadores de não aprovar a CPI da saúde.
 
Luis Eduardo em 15/04/2013 19:49:31
hshshshshs... Esse Waldir Neves é demais.....hshshshsh. Bem, pelo menos assim a gente consegue revê-lo. Ta certo....
 
Marcos Batista em 15/04/2013 19:31:30
Nada mais justo que o rigor da lei, para quem se acha acima da lei.
 
tony ueno em 15/04/2013 18:21:08
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions