A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 20 de Agosto de 2018

23/09/2015 22:08

Tereza Name recusa convite de Bernal para ocupar Secretaria da Mulher

Flávio Paes
Ex-vereadora recusou convite para ocupar Secretaria da Mulher (Foto:Arquivo)Ex-vereadora recusou convite para ocupar Secretaria da Mulher (Foto:Arquivo)

A ex-vereadora Tereza Name recusou o convite do prefeito Alcides Bernal (PP) para ocupar a Secretaria Municipal de Políticas para as Mulheres, que junto com a Secretaria da Juventude permanece sem titular. A ex-vereadora, na última terça-feira se reuniu com o prefeito,  quando alegou razões de ordem pessoal para não integrar o primeiro escalão, conforme sua manifestação nas redes sociais.

Ás vésperas de concluir um mês da sua volta ao cargo, até agora Bernal só nomeou em caráter permanente os secretários de Governo, Paulo Pedra;Saúde, Ivandro Fonseca ; de Administração, Ricardo Trefzger Ballock; Disney de Souza Fernandes, que ocupa de forma cumulativa as Secretarias de Planejamento, Finanças e Controle e a de Receita; Luidson Borges Tenório Noleto, é o titular da Secretaria de Segurança e o procurador Geral do Município, é Denir de Souza Nantes

Foram nomeados de forma interina os secretários de Educação, Leila Cardoso Machado; Desenvolvimento Econômico, Dharleng Campos de Oliveira; de Meio Ambiente e Desenvolvimento Urbano,Rui Nunes da Silva Junior; de Infraestrutura, Transporte e Habitação, Amilton Cândido de Oliveira e Marcela Rodrigues Carneiro, secretária de Políticas e Ações Sociais e Cidadania.

Nesta quarta-feira foram retificados os decretos destas nomeações que saíram com incorreções. Ao invés de designação para os cargos, agora todos foram nomeados para exercer-los de forma interina , garantindo a todos eles  o saláro de secretário, que é R$ 11.619,70.

A secretária interina Marcela Rodrigues, mantida o decreto da terça-feira,  só faria jus ao  vencimento  do cargo de assessora que havia sido nomeada, em torno de R$ 5.740,25. O secretário interino de Infraestrutura, Amilton Cândido, como assessor executivo, receberia R$ 10.098,00, menos que a remuneração do diretor Agetran ( Agência Municipal de Trânsito), que  ganha R$ 11.579,72. A Agetran e a Emha são duas autarquias vinculadas à Seintrha.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions