A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Terça-feira, 12 de Dezembro de 2017

10/09/2014 14:46

Tribunal de Contas do Estado marca eleição para 7 de outubro

Ludyney Moura

O TCE (Tribunal de Contas do Estado) também marcou eleições para o começo do mês de outubro. A escolha do novo presidente do órgão está agendada para o dia 7 de outubro, apenas dois dias após o primeiro turno das eleições gerais.

A publicação com a data da eleição foi feita no Diário Oficial do TCE, e convoca os membros da Côrte para a escolha dos "cargos de Presidente, Vice-Presidente e Corregedor-Geral do Tribunal de Contas do Estado de Mato Grosso do Sul, cujo mandato inicia-se em 1º de janeiro de 2015 e termina em 31 de dezembro de 2016”.

Ainda segundo a publicação, o “processo eleitoral ocorrerá em sessão especial no dia 07 de outubro de 2014, a ser realizado no Plenário Celina Martins Jallad, às 09h00min”. A assessoria do Tribunal não soube precisar se a data será mantida, mas confirmou que qualquer alteração será oficialmente divulgada.

Segundo o presidente atual do Tribunal, conselheiro Cícero Antônio de Souza, o prazo para inscrição das chapas para concorrer às eleições deve ser feita até o próximo dia 22 de setembro, mediante registro na Secretaria Geral do órgão. Cabe ao TCE, realizar fiscalizações e auditorias, por iniciativa própria ou por proposta do Ministério Público, além de examinar e julgar a regularidade das contas dos gestores públicos estaduais e municipais.

De acordo com o regulamento da Casa, o conselheiro se aposenta ao completar 70 anos, o que acontece para Cícero de souza no próximo dia 2 de novembro, e o nome mais cotado para assumir sua cadeira é do atual presidente da Assembleia Legislativa, deputado Jerson Domingos (PMDB).

Reforma da Previdência deve ser votada na semana que vem, diz Meirelles
A reforma da Previdência deve ser votada na semana que vem, de acordo com o ministro da Fazenda Henrique Meirelles. A declaração foi dada na noite de...
Quanto mais reforma demorar, mais dura será correção, diz ministro
Caso o governo não consiga aprovar a reforma da Previdência ainda este ano, conseguirá em 2018, disse hoje (11) o ministro do Planejamento, Dyogo Oli...


imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions