A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sábado, 16 de Dezembro de 2017

20/06/2011 16:52

Tribunal de Contas marca para o dia 27 de junho posse de Marisa Serrano

Angela Kempfer
Marisa Serrano e o presidente do TCE, Cícero de Souza.Marisa Serrano e o presidente do TCE, Cícero de Souza.

O Tribunal de Contas do Estado marcou para o dia 27 de junho a posse da senadora Marisa Serrano no cargo de conselheira.

A solenidade será no plenário do TCE, às 09 horas, da próxima segunda-feira, na presença de autoridades como o governador André Puccinelli.

Marisa Serrano é a segunda mulher a ocupar o cargo de conselheira em 31 anos de existência do Tribunal, a primeira foi Celina Jallad, que ficou apenas 90 dias no TCE e faleceu.

A senadora ainda não renunciou ao mandato no Senado, porque esperava a divulgação da data da posse. O pedido deve ser apresentado na quarta-feira, porque amanhã está em pauta projeto de lei apresentado por ela.

No lugar de Marisa, assume o empresário, dono do frigorífico Independência, Antônio Russo.

Currículo - Formada em Letras e Pedagogia, a senadora ocupou os cargos de professora, supervisora, diretora de escola, Secretária Municipal de Educação de Campo Grande e Secretária Estadual de Educação. Além disso, dirigiu a Delegacia do Ministério da Educação –MEC- no Estado, ajudando a reconhecer 54 cursos superiores e liberando recursos para a instalação de 16 escolas agrícolas. Participou da fundação da Organização Mundial para a Educação Pré-Escolar – OMEP/BR/MS - e foi Presidente Estadual e Vice-Presidente Nacional da organização.

Entrou na vida política em 1977, como a vereadora mais votada em Campo Grande. Em 1994 elegeu-se deputada federal, sendo reeleita em 1998. Nesse período, participou da redação final da Lei de Diretrizes e Bases da Educação e da elaboração do Plano Nacional de Educação – PNE.

Ocupou por dois anos (2000-2002) a presidência do PARCUM - Parlamento Cultural do Mercosul, tendo criado o curso de mestrado em Gestão de Política Cultural que funciona na Universidade de Palermo, Buenos Aires, Argentina, atendendo a estudantes oriundos de todo o bloco Mercosul.

No período de 2001-2002, ocupou a presidência da Comissão de Educação, Cultura, Ciência e Tecnologia do PARLATINO- Parlamento Latino Americano, que congrega parlamentares (deputados e senadores) de 27 países, quando deu impulso a elaboração do Plano de Educação para a Integração da América Latina e Caribe, que recebeu Moções de Apoio de diversos parlamentos.

Foi eleita Presidente do Secretariado Nacional do PSDB/Mulher 2002 e reeleita em 2003, promovendo diversos projetos visando garantir a participação igualitária da mulher na política partidária. De 1999 a 2001 foi membro da Executiva Nacional do PSDB e de 2000 a 2004 ocupou a Presidência do Diretório Estadual do PSDB, fortalecendo o partido e ampliando a participação das mulheres no diretório estadual e municipais.

Em 2002, Marisa disputou o Governo do Estado. Em 2004, foi eleita vice-prefeita de Campo Grande. Em 2006 tornou-se a primeira mulher a se eleger para uma cadeira do Senado em Mato Grosso do Sul, com mandato até 2015. Também foi vice-presidente da Executiva Nacional do PSDB.



O Tribunal de Contas do MS saiu ganhando ! e a política do nosso estado empobreceu com a saida da Senadora Marisa Serrano da vida pública eleitoral. Mas, vamos tocando em frente porque não podemos parar. Sucesso Marisa, você merece !
 
Wilton Paulino Junior em 20/06/2011 05:13:44
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions