A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quinta-feira, 16 de Agosto de 2018

05/06/2010 20:56

Vander diz que Justiça já tinha seus sigilos bancários

Redação

Em nota divulgada no seu site político, o deputado federal Vander Loubet (PT) diz que seus sigilos fiscal e bancário já estavam à inteira disposição da Justiça para esclarecimentos sobre denúncias que o acusam de ter fraudado uma licitação quando foi secretário de governo no primeiro mandato do ex-governador Zeca do PT.

O ministro do STF (Supremo Tribunal Federal), Marco Aurélio de Mello, mandou quebrar o sigilo bancário de todas as contas do deputado, no período entre 1999 e 2002, a pedido do MPF (Ministério Público Federal).

Também devem ser remetidas ao STF, através da Secretaria da Receita Federal do Brasil, cópias das declarações de imposto de renda do deputado referentes aos quatro anos em que foi secretário.

Para Marco Aurélio, o deputado, como homem público, "tem interesse na elucidação dos fatos, prestando contas aos cidadãos em geral, àqueles que o credenciaram à representação ora exercida".

De acordo com Vander, como o próprio ministro citou em sua decisão, ele também tem interesse de que os fatos apontados no processo em pauta sejam devidamente esclarecidos. O parlamentar vê a decisão de Marco Aurélio apenas como formalidade de um procedimento comum nesse tipo de caso.

imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions