A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quinta-feira, 14 de Dezembro de 2017

24/01/2014 17:10

Vereador que denunciou licitação de publicidade de Bernal já vê irregularidade

Josemil Arruda
Elizeu considerou irregular o sorteio para comissão da licitação da publicidade (Foto: arquivo)Elizeu considerou irregular o sorteio para comissão da licitação da publicidade (Foto: arquivo)

O ex-relator da CPI do Calote, vereador Elizeu Dionízio (SDD), cobrou “transparência” do prefeito Alcides Bernal (PP) quanto à licitação para contratação de empresas de publicidade para gerenciar uma verba de R$ 12,8 milhões para propaganda institucional e midiática da Prefeitura de Campo Grande. Para ele, o sorteio que aconteceu no dia 16 de janeiro já ficou sob suspeição.

“A situação fala por si. Entrar numa salinha para tirar números de quem vai ser sorteado para comissão de julgamento não é coisa de quem quer fazer as coisas certas e transparentes”, avaliou Elizeu, que foi o autor da denúncia de que a licitação teria “cartas marcadas”, com direcionamento para beneficiar a Agência Doze. “O que tem a esconder?”, questionou o vereador. “Só com o que aconteceu nesse sorteio com certeza já poderia anular o procedimento”, apontou.

Na última segunda-feira, dia 20 de janeiro, a Prefeitura de Campo Grande publicou no Diário Oficial (Diogrande) os membros da comissão, fruto do sorteio criticado por Elizeu, que vão fazer o julgamento das propostas técnicas para a contratação da agência que vai prestar serviços de publicidade a gestão Bernal. A comissão é composta por duas assessoras do prefeito, Ana Rita Valentim e Márcia Regina Scherer, e o jornalista Antônio Marques de Almeida, assessor do deputado federal Antônio Carlos Biffi (PT).

Apesar de já ver indícios de irregularidades, Elizeu prefere esperar o anúncio oficial da agência vencedora e a homologação. “No sorteio alguns critérios que não foram transparentes, mas estou esperando a homologação das empresas e publicação dos valores para ver se licitação cumpriu de forma integral o que a lei preconiza”, declarou.

Para Elizeu, o prefeito Alcides Bernal tem dificuldade muito grande de colocar lado a lado o discurso e a prática. “O que mais desabona as condutas desta administração e que a população clama que é a falta de transparência”, opinou.

A licitação da publicidade foi lançada no dia 6 de novembro do ano passado e prevê a contratação de nove agências para atender a prefeitura. As propostas das agências deverão ser entregues no dia 21 de fevereiro deste ano.

 

 

Prefeitura publica comissão que vai decidir sobre agência de publicidade
A prefeitura de Campo Grande publicou hoje no Diogrande os membros da comissão que vão analisar e julgar as propostas técnicas para a contratação da ...
Prefeitura tem 20 inscritos para compor comissão da licitação da publicidade
A Prefeitura de Campo Grande tem 20 candidatos para compor a subcomissão técnica que analisar e julgar as propostas técnicas da Concorrência 12/2013,...


imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions