ACOMPANHE-NOS     Campo Grande News no Facebook Campo Grande News no Twitter Campo Grande News no Instagram
MAIO, DOMINGO  19    CAMPO GRANDE 17º

Política

Vereadores aprovam permuta de imóvel e mantêm veto em primeira sessão do ano

Sessão foi marcada por protesto de servidores cobrando audiência pública para discutir projetos de categorias

Por Jhefferson Gamarra e Caroline Maldonado | 06/02/2024 13:11
Mesa diretora da Câmara conduzindo os trabalhos da primeira sessão do ano (Foto: Divulgação/CMCG)
Mesa diretora da Câmara conduzindo os trabalhos da primeira sessão do ano (Foto: Divulgação/CMCG)

Na primeira sessão do ano na Câmara Municipal de Campo Grande, realizada nesta terça-feira (6), os vereadores aprovaram dois projetos, sendo um deles a permuta de imóvel municipal e mantiveram um veto do Poder Executivo.

Os parlamentares autorizaram o Executivo Municipal a realizar a permuta de uma área de sua propriedade com a Aurora Participações Ltda, ambos localizados na Vila Bartira, região central da cidade.

Em única discussão, os vereadores mantiveram o veto total ao projeto de lei complementar proposto pelo vereador Marcos Tabosa. O projeto obrigava a colocação de redes de proteção em janelas, varandas e sacadas de apartamentos de Campo Grande.

Outro destaque da sessão foi a aprovação, em primeira discussão e votação, do projeto de autoria do vereador Otávio Trad, que cria a Política de Diagnóstico e Tratamento do Transtorno do Processamento Auditivo Central nas redes públicas de saúde e educação em Campo Grande.

A expectativa de inaugurar a votação eletrônica na Casa de Leis foi frustrada, já que o sistema ainda não está completamente pronto para funcionamento, apesar da instalação dos aparelhos nas mesas dos vereadores e do painel.

Além dos assuntos em pauta, a sessão foi marcada por protestos de representantes de servidores, que lotaram o plenário. Os manifestantes cobraram uma audiência pública para discutir projetos que propõem alterações nas regras do funcionalismo municipal.

Receba as principais notícias do Estado pelo Whats. Clique aqui para acessar o canal do Campo Grande News e siga nossas redes sociais.

Nos siga no Google Notícias