A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quinta-feira, 24 de Agosto de 2017

22/10/2013 14:22

Vereadores aprovam projeto para acolhimento de crianças e adolescentes

Kleber Clajus
Projeto prevê auxílio financeiro a família acolhedora e foi aprovado hoje durante Sessão Itinerante (Foto: Cleber Gellio)Projeto prevê auxílio financeiro a família acolhedora e foi aprovado hoje durante Sessão Itinerante (Foto: Cleber Gellio)

Os vereadores de Campo Grande aprovaram hoje, durante Sessão Itinerante no CMO (Comando Militar do Oeste) o Projeto de Lei nº 7515/13 que institui o serviço de acolhimento familiar de crianças e adolescentes vítimas de violência. A ação será executada pela SAS (Secretaria Municipal de Assistência Social).

De acordo com a diretora de proteção especial da SAS, Leslie Lidiane Ledesma, assim que sancionado pelo prefeito, o serviço irá atender 20 crianças e adolescentes que não possuam perfil de adoção, uma vez que a medida é temporária e pode chegar a até seis meses a depender de decisão do Poder Judiciário.

“O acolhimento será realizado por famílias previamente selecionadas através de chamada pública e que comprovem condições para o recebimento da criança ou adolescente. Para isso elas receberão um salário mínino, além de passar por monitoramento periódico de técnicos da SAS”, esclarece Leslie ao informar que os atendidos passam por situação transitória e podem retornar a suas famílias de origem.

Camapuã, a 135 quilômetros de Campo Grande, foi à primeira cidade no Estado a instituir o serviço de forma piloto, em 2008, na Vara da Infância e Juventude da Comarca. Já na Capital, faltava regulamentação para que a iniciativa tivesse início.

Para a vice-presidente da Comissão Permanente de Assistência Social e do Idoso da Câmara Municipal, Carla Stephanini (PMDB), a sensibilização para o tema partiu da Vara da Infância e Juventude local e resulta em iniciativa que preserva os direitos de crianças e adolescentes.

“Certamente o projeto vai contribuir, se bem administrado, e será um grande avanço na garantia e preservação de direitos”, ressalta Carla.

A votação foi acompanhada por conselheiras tutelares, representantes da Vara de Infância e Juventude, SOS Abrigo e instituições de acolhimento da Capital.

Justiça Federal determina que bens de ex-prefeita sejam bloqueados
Cinco pessoas, entre elas a ex-prefeita de Três Lagoas, Márcia Moura, estão na lista em que a Justiça Federal determina o bloqueio de bens sob acusaç...
Maia diz que retomará votação sobre reforma política na próxima terça-feira
Após dar início à votação da Proposta de Emenda Constitucional da reforma política, o presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), encerrou a sessão ...



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions