A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Terça-feira, 12 de Dezembro de 2017

01/06/2011 07:20

Vereadores e secretários discutem hoje exigência de piso tátil em calçadas

Aline dos Santos

A colocação de piso tátil em calçadas será discutida hoje em reunião entre os vereadores de Campo Grande e os titulares da Semadur (Secretaria Municipal de Meio Ambiente e Desenvolvimento Urbano), Marcos Cristaldo, e da Seintrha (Secretaria Municipal de Infraestrutura, Transporte e Habitação), João De Marco.

A reunião será às 9h e a Câmara suspendeu a sessão desta quarta-feira.

Os secretários devem esclarecer pontos polêmicos como a exigência para edificações que foram construídas há mais de décadas e que estão sendo multadas por não estarem enquadradas na Lei vigente do município.

Em Campo Grande todas as calçadas que estão sendo feitas são obrigadas a ter este tipo de piso. Quem não adotar as medidas pode ser multado pela Semadur.

Conforme decreto publicado pela prefeitura no ano passado, as calçadas deverão ser revestidas de material antiderrapante, com piso tátil, sem degraus ou obstáculos.

O piso tátil serve de guia para orientar os deficientes visuais totais e parciais. Ele possui texturas que, sentidas pelos pedestres com necessidades especiais de visão, servem para guiar ou alertá-los.



Iniciativa brilhante essa das calçadas ...Mas o que fazer com as árvores no meio do caminho? Deve-se fazer uma curva? Esses políticos deviam sair das reuniões nos gabinetes e vir para as ruas ver a realidade...Aprovam uma lei e cada um faz como quiser, quer dizer, a bagunça continua. E os cadeirantes foram esquecidos? Existem degraus bem altos de uma calçada para outra...como resolver? Onde estão os fiscais da prefeitura? Vamos lá gente, na rua para trabalhar....
 
nilza caruso em 01/06/2011 10:15:15
não adianta os vereadores, quererem mudar uma lei internacional, invés de tentarem mudarem a LEI do trabalho do menor, que é mais favorável do que a LEI da acessibilidade, as calçadas, e a pista de deslocamento dos deficientes visuais, das gestantes, dos deficientes em geral, terá que entrar em vigor urgentemente, senhores vereadores, não adianta facilitar a favor dos mais priviligiados, e sim dos mais necessitados, pois quem empresta ou faz favor aos humildes, estão somando tesouro no céu.
 
PEDRO BRAGA em 01/06/2011 08:57:11
eu moro no conjunto Arnaldo Estevão, mais precisamente na rua dos Farmacêuticos e as calçadas da nossa rua tem uma media de 1 metro de largura e as arvores tomam conta de toda calçada, como resolver esse problema de colocação de piso tátil?além dos postes da Enersul tomarem conta de tudo também? é fácil sair multando o cidadão, antes de discutir algo com a população... criam se leis a revelia sem discutir com a sociedade... ta na hora de agir com mais sensibilidade nobres vereadores, antes de fazer algo vejam o meu bairro e olhem se tem condição de colocar piso tátil?
 
Edson Silva em 01/06/2011 08:41:52
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions