A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sábado, 19 de Agosto de 2017

12/06/2016 10:48

Vereadores irão votar veto de Bernal a reajuste de 9,57% aos servidores

Leonardo Rocha
Vereadores irão analisar veto sobre reajuste salarial (Foto: Divulgação/CMCG)Vereadores irão analisar veto sobre reajuste salarial (Foto: Divulgação/CMCG)

Os vereadores irão analisar na próxima sessão, marcada para terça-feira (14), o veto total do prefeito Alcides Bernal (PP), ao projeto que prevê reajuste de 9,57% aos servidores municipais. Esta questão já é discutida entre os poderes desde abril, quando os próprios vereadores rejeitaram a proposta.

O prefeito enviou o primeiro projeto sobre em abril, que tinha justamente o reajuste de 9,57%, no entanto os vereadores rejeitaram a proposta, alegando que os servidores não concordavam com o aumento. Este impasse gerou mais polêmica, porque se passou o prazo previsto na legislação eleitoral.

Depois disto, Bernal alegou que só poderia repassar 3,31% , que se tratava da reposição da inflação do dia 1° de janeiro a 30 de abril. Ele enviou a proposta para os vereadores, que aproveitaram a oportunidade para colocar uma emenda, que previa o reajuste de 9,57%.

O prefeito rejeitou o projeto, destacando na justificativa que não caberia ao legislativo, propor este aumento e que não poderia conceder em função da legislação eleitoral. Agora restará aos vereadores derrubarem o veto de Bernal, ou acatarem sua decisão.

Na mesma sessão (14), os vereadores recebem a participação de Alípio Marcus Laca de Oliveira, presidente da comissão de direitos imobiliários, urbanísticos e notarial da OAB-MS (Ordem dos Advogados do Brasil).




imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions