A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Terça-feira, 12 de Dezembro de 2017

22/02/2013 21:55

Visitando a Capital, José Dirceu desconversa sobre aliança PT-PSDB

Nyelder Rodrigues
Dirceu diz que primeiro vai conversar com Delcídio para opinar sobre aliança com tucanos no MS (Foto: Nyelder Rodrigues)Dirceu diz que primeiro vai conversar com Delcídio para opinar sobre aliança com tucanos no MS (Foto: Nyelder Rodrigues)

O ex-ministro José Dirceu (PT) desconversou ao ser perguntado sobre uma possível aliança entre petistas e tucanos no Mato Grosso do Sul e disse que prefere conversar com o senador Delcídio do Amaral (PT) antes para opinar.

Dirceu participa nesta sexta-feira (22) em Campo Grande de vários eventos relacionados ao aniversário de 33 anos do Partido dos Trabalhadores.

Nesta noite, ele foi até a Fetems (Federação dos Trabalhadores da Educação) para um ato em defesa ao partido e, na chegada, falou brevemente com a imprensa.

O questionamento sobre uma possível aliança PT-PSDB no Estado se deve as recentes movimentações políticas em torno do senador Delcídio e o deputado federal Reinaldo Azambuja (PSDB). O deputado apoiaria Delcídio em uma candidatura a governador em 2014.

No auditório em que aconteceu o evento, participaram vários membros da tendência internado do PT, a CNB (Construindo um Novo Brasil), coordenada no Mato Grosso do Sul pelo ex-governador e atual vereador José Orcírio Miranda, o Zeca do PT.

Faixas da militância em apoio a Dirceu foram estendidas, ao lado de outras faixas que refutavam uma aliança entre petistas e tucanos no Estado.

Mensalão - Além disso, Dirceu também teve que responder perguntas sobre o esquema do mensalão, o qual é apontado pelo STF (Supremo Tribunal Federal) como mentor, e fui julgado e condenado pelo tribunal. Novamente, ele afirmou ser inocente.

“Sou inocente. Fui condenado sem provas. Não sou corrupto, nem chefe de quadrilha”, declarou Dirceu acrescentando que por isso segue com a cabeça erguida em suas visitas políticas feitas pelo Brasil, já que acredita que a sociedade sabe avaliar e distinguir a história do PT da situação do mensalão.

Visita à Campo Grande - Durante a manhã, Dirceu foi a uma palestra no Sindicato dos Trabalhadores em Telecomunicações (Sinttel), depois indo com Zeca ao ato em defesa ao PT no aniversário de 33 anos do partido.

Entre os presentes na mesa solene esta noite na Fetems, estavam também o deputado estadual Cabo Almi, o deputado federal Biffi, o presidente do diretório regional, Marcos Garcia, o líder do prefeito na Câmara dos Vereados, Marcos Alex, o prefeito de Miranda, Heitor Miranda, e representantes de movimentos de classe e populares, como a CUT e o MST.

Faixa foi estendida no segundo piso do auditório por militantes petistas de Sidrolândia (Fotos: Nyelder Rodrigues)Faixa foi estendida no segundo piso do auditório por militantes petistas de Sidrolândia (Fotos: Nyelder Rodrigues)
Militantes de Sidrolândia também não querem a participação do PSDB no processo de reforma agrária da cidadeMilitantes de Sidrolândia também não querem a participação do PSDB no processo de reforma agrária da cidade


que que esse cara quer aqui ... sai daqui meu, volta aonde tem fica a sua corja ... aqui no estado tem um monte mas não vai enfluenciar mais gente nao seu tranqueira ...
 
wellington luxemburgo em 23/02/2013 18:52:51
Condenado pelo STF e ainda fazendo política pelo PT...Que vergonha!
 
Gustavo Ribeiro em 23/02/2013 13:56:06
este cidadao tinha que estar preso, aina continua politicando. uma vergonha!
 
eliezer arce em 23/02/2013 13:20:29
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions