A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 21 de Agosto de 2017

17/04/2016 17:00

Votação do impeachment começa com 150 pessoas na praça Ary Coelho

Renata Volpe Haddad e Mariana Castelar
Aproximadamente 150 pessoas estão na praça Ary Coelho acompanhando a votação do impeachment.(Foto: Alan Nantes)Aproximadamente 150 pessoas estão na praça Ary Coelho acompanhando a votação do impeachment.(Foto: Alan Nantes)

Aproximadamente 150 pessoas acompanham a votação do impeachment através do telão montado na Praça Ary Coelho, neste domingo (17). A organização do movimento intitulado Virada Democrática, não tem uma estimativa de público. A Polícia Militar não está no local, apenas a Guarda Municipal.

A ex-vereadora Thais Helena (PT) que acompanha a votação na praça, afirma que a decisão do impeachment ou não é "um golpe do colarinho branco". "Os deputados falam a todo momento que a presidente cometeu pedalada fiscal, mas durante o pronunciamento ninguém falou sobre o que ela está sendo acusada, pois não há provas", afirma.

Thais alega que os partidos de direitas fortaleceram ainda mais os de esquerda. "Foi isso o que eles conseguiram com o impeachment", afirma.

Um dos militantes do PT no Estado, Rafael Jasovich, confirma que se for aprovado ou não o impeachment pelos deputados, os grupos MST, CUT e outras frente populares, vão continuar realizando protestos.

"Vamos continuar protestando contra esses bandidos e se for para prender alguém, que seja os da direita e esquerda e a votação de hoje não é determinante, pois o resultado não termina aqui", informa.

A estudante de psicologia, Pâmela Kenne, está no local e afirma a todo momento que "não vai ter golpe". "Há pelo menos 30 políticos que estão em dúvida em relação ao impeachment, então, temos chances do golpe não acontecer", relata.




imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions