ACOMPANHE-NOS    
SETEMBRO, SEXTA  24    CAMPO GRANDE 31º

Política

Zeca muda de posição sobre aliança PT-PSDB e prioriza “derrotar” o PMDB

Por Josemil Arruda | 14/12/2013 10:19
Zeca faz elogios a Reinaldo em Murtinho,  após ameaçar barrar acordo PT-PSDB (Foto: arquivo)
Zeca faz elogios a Reinaldo em Murtinho, após ameaçar barrar acordo PT-PSDB (Foto: arquivo)

O vereador Zeca do PT parece ter realmente superado as restrições que fazia a uma aliança eleitoral dos petistas com o PSDB em Mato Grosso do Sul, uma semana depois de ameaçar barrar entendimento com os tucanos caso o deputado federal Reinaldo Azambuja participasse do Leilão da Resistência. Ontem, em Porto Murtinho, sua cidade natal, durante evento do Cidema (Consórcio Intermunicipal para o Desenvolvimento Integrado das Bacias dos Rios Miranda e Apa), Zeca fez elogios rasgados a Reinaldo Azambuja, principal liderança estadual do PSDB, que também estava presente.

Neste sábado, ao ser questionado se tinha mudado de posição em relação ao PSDB, Zeca deixou claro que os tucanos podem sim ser aliados do PT, respeitadas as diferenças, no objetivo maior de derrotar o PMDB no Estado. “Eu conheço muito o PT. Nas minhas andanças pelo Estado, o que eu percebo é que o petista fez uma opção: derrotar o André. Se tem uma aliança que o PT não quer é com André Puccinelli. Temos de fazer esse debate sem nenhum tipo de preconceito”, afirmou o ex-governador.

Para Zeca, é “legítima” a tese defendida pelo senador Delcídio do Amaral, pré-candidato a governador do PT, de evitar o isolamento político, já que o PMDB, por estar no governo do Estado, teria mais facilidade para atrair partidos para sua coligação. O petista também considera plenamente factível a “aliança branca, indireta”, diante da resistência nacional de coligação formal entre PT e PSDB.

“Nesse caso o PT lança o candidato a governador e sua chapa de deputados federais e estaduais e o PSDB lança o candidato a senador e sua chapa de deputados federais e estaduais. Tem de ver se povo entende um negócio desse”, explicou Zeca do PT.

PMDB aliado ao PT – A admissão de aliança do PT com o PSDB é estratégica para Zeca, já que considera essa alternativa mais palatável do que um acordo com o PMDB. Para ele, os peemedebistas não acreditam na possibilidade de Nelsinho Trad vencer Delcídio em 2014 e consideram mais seguro uma aliança com o PT. “O PMDB quer sim aliança com o PT”, garante Zeca.

O petista disse que sentiu esse interesse do PMDB na visita do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva a Mato Grosso do Sul no dia 13 de novembro. Durante o evento que aconteceu na sede da Fiems (Federação das Indústrias do Estado), Zeca disse que chegou a conversar com o governador André Puccinelli, tendo sentido que o PMDB também teme o isolamento na eleição do ano que vem. “O cenário que temos para 2014 é o PT, com Delcídio, o PMDB com máquina do Estado, já ferido com o desgaste em Campo Grande, e o PSDB, que é fato novo da eleição do ano passado. Eu, como petista, já fiz minha opção, que é derrotar o PMDB”, enfatizou.

Nos siga no Google Notícias
Regras de comentário