ACOMPANHE-NOS    
MARÇO, TERÇA  31    CAMPO GRANDE 22º

Direto das ruas

Com alta demanda de pacientes, filas crescem nos postos de saúde

Por Adriano Fernandes | 08/08/2014 19:55
A fila se estendia por toda quadra. (Foto: Reprodução/WhatsApp)
A fila se estendia por toda quadra. (Foto: Reprodução/WhatsApp)

Leitor do Campo Grande News, um empresário que se identificou apenas como Edivaldo, enviou via aplicativo WhatsApp flagrantes da fila de pacientes à espera de atendimento no posto de saúde do bairro Universitário, em Campo Grande.

O empresário informou que a fila ocupava quase todo quarteirão com cerca de 200 pessoas. “Isso é um desrespeito com a população, tinham pacientes há horas na fila de espera, mais muitos não conseguiram nem ser atendidos por falta de vagas”, reclamou.

O problema de superlotação não se resumiu somente a unidade do bairro Universitário. Durante todo o dia todas as UPAS (Unidades de Pronto Atendimento) e CRSs (Centros Regionais de Saúde) da Capital tiveram alta demanda de pacientes, que resultou na demora do atendimento.

Segundo a assessoria de imprensa da Sesau (Secretaria Municipal de Saúde Publica), a superlotação aconteceu pela falta de vagas em hospitais e pelo aumento de doenças típicas do inverno, aumentando assim a procura dos pacientes.

Ainda segundo a assessoria, a Coordenadoria de Urgência da Secretaria Municipal de Saúde Pública providenciou ações emergenciais para resolução do problema, como novas macas e colchões para as unidades, até reforço de escala e reordenamento de fluxo.