A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Terça-feira, 17 de Outubro de 2017

28/05/2009 20:32

Exportações de carne à União Européia deve atingir 50%

Redação

Depois de ter as exportações de carne bovina para a União Europeia (UE) embargadas no início do ano passado, por problemas de rastreabilidade, o Brasil deve alcançar, até o final deste ano, volume equivalente a 50% das vendas realizadas em 2007, antes do episódio. A informação foi dada hoje (28) pelo ministro da Agricultura, Reinhold Stephanes.

Segundo ele, há cerca de mil propriedades autorizadas a vender para a União Europeia, e o país já recuperou 25% da capacidade de exportação de antes. Mensalmente, são auditadas entre 100 e 150 fazendas e, apenas em Mato Grosso, um dos maiores produtores de carne bovina, já há mais de mil propriedades na fila de espera para serem visitadas pelos técnicos do Ministério da Agricultura.

Em 2007, o Brasil exportou 912 mil toneladas de carne bovina para a UE, recebendo US$ 4,2 bilhões.

Quanto à situação dos frigoríficos brasileiros, que chegaram a demitir mais de 30 mil funcionários, Stephanes disse que está normalizada. De acordo com o ministro, a maior preocupação do governo era com as indústrias de Mato Grosso e Mato Grosso do Sul, mas "as coisas se ajustaram naturalmente".

Ele disse que algumas delas adquiriram outras e também houve redução da capacidade ociosa de cada empresa. O ministro informou que, inclusive, há frigorífico de Mato Grosso do Sul que já demonstrou intenção de importar carne bovina.

imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions