A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 11 de Dezembro de 2017

09/02/2016 14:42

Lista de princípios ativos com prioridade para registro pode baratear produção

Nova resolução pode diminuir preços e resistência de pragas e doenças

Bianca Bianchi

Broca do café, bicudo do algodoeiro, ferrugem da soja, mofo branco e a mosca branca. Essas são as pragas e doenças consideras de maior risco à atividade agrícola no Brasil. Elas atacam culturas como soja, milho, algodão e hortaliças, gerando prejuízos à produção nacional.

Para agilizar a produção de defensivos agrícolas e ampliar as variedades que combatem essas pragas, o Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa), divulgou uma lista com os princípios ativos mais importantes para a fabricação de defensivos agrícolas.

As substâncias listadas serão consideradas prioritárias para análise técnica com vistas à fabricação dos produtos e pedidos de registro. A ideia do Mapa é que a rotação de ingredientes ativos diminua a resistência de pragas e doenças à aplicação dos agroquímicos. Além disso, os preços mais competitivos podem reduzir o peso destes insumos no custo de produção.

A lista divulgada pelo Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa) pode ser acessada na íntegra aqui.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions