A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 24 de Setembro de 2018

16/05/2017 13:43

Preço da saca de milho cai 56% e comercialização estagna em MS

Renata Volpe Haddad
Em maio do ano passado, saca do milho era comercializada a R$ 48. Este ano, é vendida a R$ 21.
(Foto: Famasul)Em maio do ano passado, saca do milho era comercializada a R$ 48. Este ano, é vendida a R$ 21. (Foto: Famasul)

A comercialização da safra de milho está estagnada em Mato Grosso do Sul. Produtores estão segurando a venda devido aos preços baixos deste ano, causada pela queda do dólar. A saca de 60 quilos que no ano passado era vendida a R$ 48, este ano é comercializada a R$ 21, queda de 56%.

De acordo com o analista técnico da Famasul (Federação de Agricultura e Pecuária de MS), Luiz Eliezer, a comercialização do milho até ontem (15) estava em 14,88%. "No ano passado, no mesmo período, os produtores já tinham vendido 44% da produção, retração de 30%", afirma.

O dólar baixo explica os números. Em 2016, a moeda americana estava próxima de R$ 4 e este ano, varia entre R$ 3,10 e R$ 3,12. "2016 foi um ano atípico, com cenário político econômico diferente, dólar alto e isso fez com que os preços do milho fossem recordes e a comercialização fosse rápida. Este ano, acontece o contrário. Tivemos uma safra recorde, mas os preços estão baixos".

Outro motivo para a comercialização avançada no ano passado, do grão, foi a quebra de safra de 33% nas lavouras do Estado. "O produtor já tinha comercializado 20% antes, houve a quebra de safra e ele precisou repor o produto".

Com este cenário, o produtor tem segurado o produto, deixando o mercado "travado". "A melhora depende de vários fatores, do dólar, do ambiente político econômico e do mercado internacional. Não tem perspectiva de melhora por enquanto, se houver alta será pontual", explica.

Produtores seguram a soja esperando melhora nos preços. (Foto: Eliel de Oliveira/ Arquivo)Produtores seguram a soja esperando melhora nos preços. (Foto: Eliel de Oliveira/ Arquivo)

Soja - A colheita da soja já terminou e a comercialização do grão em Mato Grosso do Sul chega a 53%. Assim como o milho, o cenário do mercado também não é dos mais atrativos e os preços estão baixos.

Em maio de 2016, a saca de 60 quilos era vendida a R$ 74,81, em maio deste ano, é comercializada a R$ 58, queda de 22%.

Para a soja também não há uma perspectiva de melhora e o produtor está atento ao mercado, segurando o produto, até que apresente uma alta no dólar ou melhora no mercado internacional.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions