ACOMPANHE-NOS    
JULHO, QUINTA  16    CAMPO GRANDE 30º

Economia

Tempo chuvoso cria ambiente favorável para o milho safrinha, diz Aprosoja

Por Priscilla Peres | 05/05/2017 11:13
(Foto: Divulgação)
(Foto: Divulgação)

As chuvas atuais têm ajudado no desenvolvimento das lavouras do milho safrinha em Mato Grosso do Sul. De acordo com a Aprosoja (Associação dos Produtores de Soja) as condições e qualidade das plantas na safra atual são mais favoráveis do que no mesmo período do ano passado.

No levantamento em propriedades rurais feito na semana passada por técnicos do órgão, mostraram que os níveis de chuva e umidade no solo estavam altamente propícios para o bom desenvolvimento do cereal.

"Em algumas regiões, o índice de biomassa, que indica essas condições, é até maior que a média histórica", afirma o analista de grãos do Sistema Famasul, Leonardo Carlotto.

As chuvas têm contribuído para isso. "De forma geral, no sul de MS, tem chovido cerca de 200 milímetros a menos e, no centro-norte, 100 milímetros a menos do que a média histórica para essas regiões. Mesmo assim, as chuvas têm sido satisfatórias e estão bem distribuídas", finaliza.

Estimativa - Para o milho 2ª safra 2016/2017, a estimativa é que o Estado tenha área plantada de 1,800 milhão de hectares, sendo a projeção de volume de produção de 9,180 milhões de toneladas. Com isso, espera-se alcançar produtividade média de 85 sc/ha.

O número estimado de produtividade é 45,5% superior ao efetivamente alcançado na 2ª safra do ano passado, quando houve quebra na produção de milho devido a questões climáticas. Em 2016, a produtividade média do Estado foi de 58,4 sc/ha.