A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sexta-feira, 17 de Agosto de 2018

20/02/2017 17:58

Alunos da Capital se classificam para etapa nacional de torneio de robótica

Adriano Fernandes
A próxima etapa nacional do campeonato será mês que vem em Curitiba. (Foto: Divulgação) A próxima etapa nacional do campeonato será mês que vem em Curitiba. (Foto: Divulgação)
Alunos durante um dos dois dias da seletiva. (Foto: Divulgação) Alunos durante um dos dois dias da seletiva. (Foto: Divulgação)

Projetos de robótico que melhor permitam a interação entre o homem e o reino animal. A premissa para dois projetos, criados em Campo Grande classificou, no último final de semana, vinte alunos do colégio Paulo Freire na Capital, para a etapa nacional do Torneio de Robótica FLL (FIRST® LEGO® League ).

A seletiva ocorreu em Curitiba (PR), entre os dias 17 e 18. Na categoria Designer Mecânico a equipe Dominidroids, com alunos entre 12 a 13 anos do colégio, se consagrou como a sétima melhor equipe da etapa regional entre as quarenta equipes participantes.

Os alunos criaram o Blind Zoo, que é um zoológico com acessibilidade para deficientes visuais. No zoológico os animais não ficariam em jaulas, e sim em um ambiente com o aspecto do habitat natural deles. Teria um dispositivo que descreve ao usuário por meio de um botão as características de cada animal.

A atração ainda estaria repleto de pisos táteis e placas com escritas em braile e imagens de animais em relevo e até animais empalhados. O local também só receberia animais incapacitados de voltar a natureza.

Já a segunda equipe do colégio, a Hephaestus, conquistou o terceiro lugar na Modalidade Champion Award, pelos quesitos Pesquisa, Designer e Core Values. O grupo que reuniu alunos entre 14 e 16 anos, criou um rádio colar com uma uma fita reflexiva, capaz de diminuir os acidentes rodoviários envolvendo antas pelas rodovias.

O dispositivo imite um som similar a de um predador ao identificar o farol do veículo.

Seletivas - Este foi o terceiro ano de participação do colégio na disputa. Os prêmios qualificam as duas equipes a representarem o estado de Mato Grosso do Sul na etapa Brasileira, que ocorrerá entre os dias 18,18 e 19 de Março em Brasília.

Caso se classifiquem novamente, os alunos podem representar o Brasil na etapa mundial no Japão e Estados Unidos.

“É uma conquista que foi fruto de muita pesquisa. Eles visitaram o ISMAC (Instituição Sul Matogrossense para Cegos) , viajaram até o Pantanal e a partir da pesquisa em campo foram auxiliados a desenvolverem estes projetos”, comentou a diretora do colégio, Adelina Spengler.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions