A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Domingo, 19 de Agosto de 2018

23/04/2018 18:52

Apple suspende compra de componentes e fim do iPhone X pode estar próximo

Adriano Fernandes
Na prática, a empresa está vendendo apenas os aparelhos que estão em estoque nas revendas da marca.Na prática, a empresa está vendendo apenas os aparelhos que estão em estoque nas revendas da marca.

Especialistas em tecnologia apontam que o iPhone X - top de linha, dentre os mais caros da Apple -, está com seus dias contados. A especulação, no entanto, contraria a versão da gigante de tecnologia que ressalta que o novo aparelho “superou as expectativas” da companhia.

Mas, segundo o analista do mercado Neil Campling, que trabalha para a empresa Mirabaud Securities, a Apple supostamente cancelou a compra de novos componentes, o que apontaria para o fim do novo modelo de iPhone após apenas um ano de lançamento.

Há também excesso de chips sobrando no inventário da TSMC, fabricante de processadores contratada pela Apple. A informação pode ter um impacto também na AMS, principal fornecedora dos sensores 3D utilizados no Face ID, a autenticação pelo rosto que substituiu o leitor de digital no iPhone X.

De acordo com o analista, o alto preço do componente, entre US$ 50 e US$ 60, provavelmente resultaria em pouco interesse de outras fabricantes de celulares, como a Samsung ou a Huawei, caso a AMS tentasse vender a tecnologia para elas.

Na prática, isso significa que a empresa está vendendo apenas os aparelhos que estão em estoque nas revendas da marca.

Preços salgados - Para o especialista, o preço salgado pode ser a principal influência na suspensão da fabricação do produto. O modelo mais simples custa a partir de US$ 999 nos EUA e R$ 6.999 no Brasil.

As informações são consenso também do analista Ming-chi Kuo, que acredita que as baixas vendas do iPhone X devem fazer com que a fabricante descontinue o aparelho e foque apenas nos modelos que serão lançados no final deste ano.

A Apple

Um possível fim do iPhone X iria contra a narrativa da Apple até então. O CEO da empresa, Tim Cook, chegou a falar que o novo aparelho “superou as expectativas” da companhia e, junto com o iPhone 8 e o iPhone 8 Plus, gerou o maior rendimento da história da linha, comercializando um total de 77,3 milhões de unidades no ano passado.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions