A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Domingo, 19 de Agosto de 2018

19/03/2018 17:43

Menor computador do mundo mede 1x1 mm e custa US$ 0,10

Novidade foi anunciada nesta segunda-feira durante conferência, mas protótipo ainda passa por fase de testes

Gabriel Neris
Computador some em meio aos grãos de sal (Foto: IBM/Divulgação)Computador "some" em meio aos grãos de sal (Foto: IBM/Divulgação)

O menor computador do mundo mede 1x1 mm. O aparelho do tamanho de grão de sal é a novidade da IBM e usará a tecnologia blockhain para monitorar a entrega de produtos e evitar fraudes e falsificações. Entre as vantagens estão o custo, que é de US$ 0,10 por unidade e a economia de energia.

A novidade foi anunciada nesta segunda-feira (19) durante a conferência IBM Think 2018, mas o protótipo ainda passa por fase de testes. A blockhain é a base do mercado de Bitcoin e outras moedas digitais, porém pode ser aplicada em outros cenários que envolvam transações comerciais.

O blockhain permitirá maior segurança, evita fraude e traz clareza a trocas de dados e valores realizadas pela Internet. Conforme a IBM, o microcomputador poderia ser aplicado diretamente a produtos em trânsito, diminuindo o risco de que o usuário compre algo falsificado.

O histórico da transação é garantido pelo blockhain e a presença do computador no produto, como um tipo de selo de garantia digital, daria total segurança contra o risco da pirataria – sobretudo em produtos importados. Outros usos podem associar o “menor computador do mundo” a celulares, computadores, smartwatches e etc.

A criação de um computador pequeno representa uma série de vantagens. A primeira delas é o custo, que a IBM menciona estacionar em US$ 0,10 centavos por unidade. Outro ponto favorável é o consumo de energia, reduzido se comparado a um PC convencional.

A IBM não especificou em detalhes a ficha-técnica do aparelho, nem quando pretende colocar em prática, porém citou que o aparelho abriga milhares de transistores e tem desempenho que pode ser comparado com o de processadores do início da década de 1990. O novo IBM também tem memória RAM, LED para transmitir dados, sensor, e uma pequena célula fotovoltaica, que permite a geração da pequena quantidade de eletricidade necessária a partir da luz solar.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions