A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Terça-feira, 18 de Setembro de 2018

10/11/2017 16:15

Afonso Pena tem mais um dia de caos no trânsito com semáforos desligados

Falta de energia atingiu desde a Rua Rio Grande do Sul, até a Avenida Calógeras

Geisy Garnes e Guilherme Henri
Equipes da Energisa tentam solucionar o problema no cruzamento da Afonso Pena com a Bahia (Foto: Guilherme Henri)Equipes da Energisa tentam solucionar o problema no cruzamento da Afonso Pena com a Bahia (Foto: Guilherme Henri)

Dueda de energia deixou parte da Avenida Afonso Pena ‘no escuro’ e desativou os semáforos na tarde desta sexta-feira (10). Em pelo menos três cruzamentos da via, a situação foi de caos para os motoristas que precisaram passar pela principal avenida de Campo Grande. Essa é a segunda vez em menos de duas semanas que o problema afeta o trânsito na região.

De acordo com funcionários da Energisa, o desligamento de semáforos na Capital aconteceu após uma queda de energia, ainda sem causa conhecida. Equipes da concessionária tentam solucionar o problema do cruzamento entre a Afonso Pena e a Rua Bahia.

Conforme apurado pela reportagem, é justamente esse ponto da via o mais caótico para os motoristas. Veículos e pedestres disputam espaço nas pistas e tentam sair da avenida por todos as ruas de acesso. Durante pouco tempo no local, a equipe do Campo Grande News flagrou pessoas se arriscando entre os carros e ônibus para conseguir atravessar e ainda um show de buzinas.

Falta de energia atingiu desde a Rio Grande do Sul, até a Calógeras (Foto: Guilherme Henri) Falta de energia atingiu desde a Rio Grande do Sul, até a Calógeras (Foto: Guilherme Henri)

O cruzamento com a 25 de Dezembro, em frente a Prefeitura de Campo Grande, é o único ponto em que equipes da Agetran (Agência Municipal de Transporte e Trânsito) e da Guarda Municipal tentam controlar o trânsito.

“Nessas situações mostram a falta de interação entre batalhão de trânsito e Agetran. Só de olhar você vê a falta de agentes nas ruas”, afirmou um morador da região, que preferiu não se identificar.

Segundo os agentes, a falta de semáforo começou na Rua Rio Grande do Sul e atingiu até a Calógeras. Em todo o trecho, a energia oscilou por mais de uma hora, causando transportando aos motoristas e congestionamento em quase toda a avenida. Até o fechamento desta matéria, a energia já havia sido restabelecida a partir da Rua Arthur Jorge.

Essa é a segundo vez em duas semanas que falta de energia deixa o trânsito no centro da Capital caótico. No dia 31 de outubro, uma falha na rede elétrica dentro da Uniderp deixou da Afonso Pena e dos bairros Itanhangá e Antônio Vendas sem fornecimento de energia.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions