ACOMPANHE-NOS    
JULHO, SEXTA  10    CAMPO GRANDE 24º

Lugares por Onde Ando

Europeus querem viajar para o exterior ainda em 2020

Por Paulo Nonato de Souza | 28/05/2020 07:12
Os brasileiros vão preferir fazer turismo ao ar livre, como na cachoeira Salto Majestoso, em Costa Rica, no norte de Mato Grosso do Sul (Foto: Reprodução)
Os brasileiros vão preferir fazer turismo ao ar livre, como na cachoeira Salto Majestoso, em Costa Rica, no norte de Mato Grosso do Sul (Foto: Reprodução)

Mais uma pesquisa indica que a procura por destinos nacionais deve marcar a retomada do mercado de viagens no Brasil após a pandemia do novo coronavírus. Desta vez o levantamento foi feito pela Associação Brasileira das Operadoras de Turismo (Braztoa), e diz que 60% das preferências dos brasileiros em 2020 são por viagens dentro do país.

Na Europa a tendência é que seja diferente, revelou pesquisa realizada pela startup dinamarquesa LuggageHero, empresa de guarda malas em aeroportos. Lá, diz o estudo, 70% das pessoas consultadas admitiram vontade de viajar para o estrangeiro ainda em 2020, um aumento de 23% se comparado com o início do isolamento social imposto pela pandemia da Covid-19.

Conforme a pesquisa da Braztoa, 56% dos consultados optaram por apenas adiar planos. O Nordeste é alvo da preferência de 21,8% das escolhas, seguido do Sudeste (19,8%), do Sul (9,6%), do Centro-Oeste (5,7%) e do Norte (3,4%).

Dados da entidade mostram que 70% das operadoras pretendem aumentar a oferta de destinos nacionais, 17% planejam iniciar vendas focadas no Brasil e 58% preveem a comercialização de viagens nacionais no segundo semestre.

“Estamos desenvolvendo uma campanha para estimular o brasileiro a visitar destinos no próprio país, de forma a ajudar na retomada e permitir que o turismo continue tendo um forte papel no desenvolvimento econômico e na geração de emprego e renda. Os nossos esforços também incluem ações como o incentivo ao turismo rodoviário para facilitar a conexão com outros modais de transporte e a busca por roteiros integrados”, disse o ministro do Turismo, Marcelo Álvaro Antônio.

Na Europa,  quase metade dos entrevistados na pesquisa da LuggageHero manifestaram o desejo de viajar para outro país antes de setembro, caso as restrições da quarentena sejam suspensas, enquanto 26% disseram que preferem aguardar até 2021 e 6% responderam que viajarão somente quando tiver uma vacina disponível no mercado.