ACOMPANHE-NOS    
NOVEMBRO, SEGUNDA  30    CAMPO GRANDE 24º

Lugares por Onde Ando

Paranaenses “invadem” Bonito para fazer turismo de bike

Por Paulo Nonato de Souza | 29/10/2020 08:02
Alternativa sustentável de mobilidade, o turismo de bike é basicamente ao ar livre e proporciona conhecer lugares com muito mais autonomia (Foto: Divulgação)
Alternativa sustentável de mobilidade, o turismo de bike é basicamente ao ar livre e proporciona conhecer lugares com muito mais autonomia (Foto: Divulgação)

Turismo de bicicleta! Cultural na Ásia e na Europa, onde a bike ganhou ainda mais espaço na preferência da população no retorno às atividades depois do longo período de confinamento por conta da pandemia de coronavírus, por possibilitar o distanciamento social, a modalidade não tem a mesma popularidade no Brasil, mas já desponta como uma das tendências para o novo normal dos brasileiros.

É o que vem fazer um grupo de 90 turistas paranaenses no próximo final de semana em Bonito. Serão dois dias de turismo de aventura em cima de bicicletas no principal destino de ecoturismo de Mato Grosso do Sul. No sábado, 31/10 e domingo, 01/11.

“É a segunda vez que esse pessoal baikeiro vem curtir as nossas belezas naturais. Na primeira vez vieram 30 pessoas e agora o grupo triplicou. Eles são de várias cidades do Paraná”, disse Allan Velcic, da Rota Aventura, uma operadora de cicloturismo local especializada em trilhas e roteiros de bike.

Além de ser uma alternativa sustentável de mobilidade, o turismo de bike é basicamente ao ar livre e proporciona conhecer lugares com muito mais autonomia, porque você pode fazer o seu próprio ritmo e parar onde e quando quiser. Nem precisa ser um ciclista do dia a dia ou um atleta de MTB (Mountain Bike).

“É tranquilo. Não se trata de um evento esportivo, mas sim um evento de turismo que tem no roteiro vários passeios e trilhas por lugares turísticos de Bonito. Portanto, basta gostar da natureza e de viver a vida ao ar livre”, afirmou Allan Velcic. Ele será um dos guias do grupo de paranaenses.

Um dos guias do grupo de turistas paranaenses, Allan Velcic exibe a sua bike em um dos atrativos do balneário Ybirá Pe (Foto: Divulgação)
Um dos guias do grupo de turistas paranaenses, Allan Velcic exibe a sua bike em um dos atrativos do balneário Ybirá Pe (Foto: Divulgação)

A programação com os dois dias de pedaladas começa no sábado logo bem cedo e terá um roteiro de 30 km entre a largada e a chegada na Praça da Liberdade, no centro de Bonito, incluindo passeios ao Aquário Natural, lugar de flutuação nas águas do rio Baía Bonita, e ao balneário Ybirá Pe, às margens do rio Formoso, um passeio famoso na região pela sua estrutura de arvorismo, quatro pontos de banhos, caiaques e stand up paddle.

No domingo, o roteiro será de 36 km entre largada e chegada com o desafio de pedalar por estradas de terra e trilhas de mata natural até o Parque das Cachoeiras, um destino paradisíaco que tem sete cachoeiras entre seus atrativos às margens do rio Formoso. Lá os turistas paranaenses vão curtir as belezas do lugar, almoçar, relaxar e pedalar 18 km de volta até a cidade de Bonito.

“Uma coisa bacana de falar é que toda a programação seguirá todos os protocolos de biossegurança estabelecidos pelas autoridades de saúde de Bonito para evitar o contágio do coronavírus”, garantiu Allan Velvic.

Nos siga no Google Notícias
Regras de comentário