ACOMPANHE-NOS     Campo Grande News no Facebook Campo Grande News no Twitter Campo Grande News no Instagram
ABRIL, SEGUNDA  22    CAMPO GRANDE 26º

Veículos

BYD Seal se consolida em 2º lugar nas vendas de sedãs médios no Brasil

Sedã cupê elétrico da BYD também superou as vendas do Corolla nas versões híbridas

Por Márcio Martins | 17/02/2024 08:39
BYD Seal 2024 na cor azul está entre os carros elétricos mais vendidos (Foto/Divulgação)
BYD Seal 2024 na cor azul está entre os carros elétricos mais vendidos (Foto/Divulgação)

 Lançado em agosto de 2023, o BYD Seal parece que realmente caiu no gosto do brasileiro. Depois das vendas iniciais modestas, o sedã cupê da marca chinesa acelerou e, desde o final do ano passado, estacionou no pódio dos carros elétricos mais vendidos. De quebra, assumiu o segundo lugar entre os sedãs médios, só perdendo para o todo poderoso Toyota Corolla.

 Após o resultado recorde de 857 emplacamentos em dezembro, o BYD Seal manteve o bom ritmo com 612 unidades em janeiro. Resultado que garantiu o segundo lugar entre os sedãs médios, superando nomes como Nissan Sentra (308), Honda Civic (151) e VW Jetta (224) - o Toyota segue isolado na liderança com 2.142 unidades.

Ainda que o segmento de sedãs médios tenha perdido força, é um resultado bastante relevante para o modelo da BYD, ainda mais pelo fato de ser totalmente elétrico frente a concorrentes a combustão e/ou híbridos. O BYD Seal, aliás, superou as vendas do Toyota Corolla nas versões híbridas - o sedã da marca japonesa teve 468 emplacamentos com esse tipo de propulsão.

Com visual arrojado, porte médio, farta lista de equipamentos de conforto e segurança e especificações de respeito, o BYD Seal tem como alvo clientes de sedãs médios de marcas premium, sobretudo de modelos como o BMW Série 3, mas também pega parte do público de sedãs médios como um todo.

Medindo 4.80 metros de comprimento, o BYD Seal é baseado na plataforma elétrica e-platform 3.0 desenvolvida internamente e um dos principais modelos da ofensiva internacional da BYD ao lado de nomes como Dolphin e Yuan Plus. Na China ele também possui versão híbrida, que, inclusive, já foi registrada aqui no Brasil.

Dessa forma, existe a possibilidade de que o modelo ganhe novas versões, potencializando as vendas por aqui ao trazer opções híbridas. Será que o Toyota Corolla deve ficar com medo?

Nos siga no Google Notícias