A notícia da terra a um clique de você.
News Veículos
Campo Grande, Sexta-feira, 24 de Março de 2017

05/12/2014 22:24

Saiba tudo sobre óleos lubrificantes

Márcio Martins. Fonte: Cesvi
DivulgaçãoDivulgação

A especificação do óleo lubrificante para motor apropriado para o seu veículo normalmente encontra-se no manual do proprietário – cada automóvel possui uma especificação adequada, devido a algumas condições. Mas qual é o significado das siglas de classificação presentes na especificação do óleo?

Os óleos lubrificantes para motor seguem uma classificação recomendada pela sociedade de engenheiros automobilísticos, SAE (Society of Automotive Engineers). Essa classificação refere-se apenas à viscosidade do óleo (resistência do fluido para se movimentar em uma determinada temperatura), obtida em testes realizados com temperaturas específicas.

No caso de condições de baixa temperatura, a classificação SAE designa a viscosidade por um número e pela letra W (que significa winter, ou seja, inverno em inglês), como no exemplo SAE 5W. No caso de condições de temperatura quente, a viscosidade é dada por um número, como no exemplo SAE 40.

O índice de viscosidade dos lubrificantes pode ser aumentado por meio de aditivos conhecidos como óleos multiviscosos, designados pela classificação SAE, que se refere às temperaturas altas e baixas. Por exemplo: um óleo 5W30. Esse tipo de óleo destina-se a motores expostos a uma ampla faixa de temperaturas ambientais, como ocorre com os automóveis.

Com a necessidade de um critério de desempenho, o API (American Petroleum Institute) desenvolveu uma classificação baseada no grau de severidade do serviço a que o motor diesel ou gasolina é submetido.

Esse nível de severidade é identificado pela adição de uma letra (A, B, C ...) ao símbolo da linha.
Alguns tipos: SA, SB, SC, SD, SE, SF, SG, SH, SJ, SL.

Um exemplo: o óleo SG é destinado a carros de passageiros a gasolina, caminhões de serviços leves e furgões fabricados de 1989 em diante. Comparando com o óleo da categoria SF, apresenta uma melhora significativa do desempenho no controle de depósitos, especialmente borra, como também uma melhor proteção contra o desgaste das válvulas e melhor controle da oxidação.

Procure no manual do proprietário. Geralmente ele indica a faixa de viscosidade indicada pelo fabricante, considerando as condições locais de temperatura.

Utilizar um óleo lubrificante de motor inadequado para o seu veículo pode causar sérios danos e alto custo de reparo.

Desgaste do motor, sedimentos e fricção do motor não são apenas problemas caros, eles podem lhe custar tempo e frustração. Se tiver usado um óleo inadequado, substitua-o por um óleo que atenda às especificações do motor do seu veículo.




imagem transparente

Compartilhe

Classificados


Copyright © 2017 - Campo Grande News - Todos os direitos reservados.