A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 19 de Novembro de 2018

13/04/2017 09:49

A vigilância do hoje e do amanhã

Por Oscar D'Ambrosio (*)

O filme ('A Vigilante do Amanhã'), de Rupert Sanders, baseado em mangá de Masamune Shirow, apresenta questões essenciais. Uma delas é constatar que, enquanto se vive um momento de indispensável empoderamento de mulheres e Movimentos LGBTs (Lésbicas, Gays, Bissexuais, Travestis e Transexuais), novas discussões ganham espaço.

Uma delas é a relação ética entre ser humano/máquina. No filme, a protagonista tem corpo de robô com cérebro e alma humanos. Surge um diálogo complexo, difícil e necessário entre a matéria e a mente.

O título em inglês, 'Ghost in the Shell', alude à frase “the ghost in the machine”, de Gilbert Ryle, em 'The Concept of Mind'.

O filósofo britânico critica nela a ideia do francês Descartes da diferença fundamental entre corpo ('shell') e mente ('ghost'). A expressão também é o título de livro do escritor Arthur Koestler, que aponta um movimento da humanidade rumo à autodestruição, principalmente na arena das armas nucleares.

Tudo isso leva à frase 'Não somos definidos por nossas lembranças; o que fazemos é o que nos define', fundamental no filme. Atualmente, a ação vem tomando o espaço do pensar.

As demandas do mundo nos cercam e devoram e responder com o que se realiza surge como o único caminho. E, se nos esquecemos de vigiar o presente, imagine o amanhã...

(*) Oscar D'Ambrosio é doutor em Educação, Arte e História da Cultura e mestre em Artes Visuais, atua na assessoria de comunicação e imprensa da Unesp

Faça a revisão do seu veículo antes de viajar
Nós, brasileiros, precisamos romper um ciclo vicioso que responde por muitos transtornos a quem sai para passear pelas estradas: a falta de manutençã...
À procura de equilíbrio
Agora, mais do que nunca, torna-se imprescindível a vivência do Amor Solidário Divino, porque ele é o único capaz de afastar da Terra as trevas do cr...
O espaço do negro no mercado de trabalho
É comum as pessoas usarem a seguinte frase: “somos todos iguais e todos temos as mesmas oportunidades.” Depende de como e de que lado você está fazen...
Lina Tâmega Peixoto: uma grande escritora da literatura brasileira
Historicamente, as mulheres presentes na literatura brasileira sempre contribuíram enormemente para a cultura do país. Uma delas é Lina Tâmega Peixot...


imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions