A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sexta-feira, 19 de Outubro de 2018

29/08/2018 11:26

Conta PJ: há obrigações fiscais para o empreendedor?

Por Yasmin Amaral (*)

De fato, é imprescindível ter uma conta bancária exclusiva para a movimentação financeira de uma empresa, a famosa Conta PJ. Mas, para muitos empreendedores, esta ação nem sempre está clara no processo de abertura de uma empresa.

Por mais que o empresário não tenha patrão ou muitos colaboradores, é necessário que as informações referentes à compra e venda de produtos e serviços, sejam entregues à Receita Federal regularmente. Ou seja, para realizar o controle fiscal e financeiro da empresa, é necessário abrir esta conta à parte.

A conta jurídica será específica para que seus clientes realizem pagamentos e para que a empresa movimente salários, repasse aos fornecedores e etc. E toda esta movimentação financeira deve ser informada na Declaração de Informações Econômico-fiscais da Pessoa Jurídica (DIPJ).

Com o auxílio da conta bancária de pessoa jurídica, o contador terá acesso a todo o histórico da conta e, assim, evitar que débitos acabem se misturando. Além disso, organizando desta forma, fica muito mais fácil fazer o fechamento do mês.

Como toda empresa é obrigada a emitir e consultar Notas Fiscais eletrônicas (NFes) e Notas Fiscais de Serviço eletrônicas (NFSes), todos os dados necessários, desde o valor total até o valor do frete, impostos, entre outros, devem estar disponíveis para o contador responsável.

É só com tudo isto em mãos, além da relação de pagamentos aos fornecedores, que o empreendedor consegue realizar o fechamento de mês de forma rápida e equilibrada. Com tecnologias de inteligência de dados e documentos fiscais como a Arquivei, todas as NFes, NFSes e CTes (no caso de transporte) são consultadas e ficam disponíveis para visualização, download e relatórios, o que contribui ainda mais para que erros e inconsistências possam ocorrer.

Hoje em dia, não é mais tão difícil conseguir acesso a uma conta bancária de pessoa jurídica. Inclusive, muitos bancos já viabilizam esta abertura online. Há, ainda, soluções online que são verdadeiras aliadas dos empreendedores, no sentido de desburocratizar processos e deixar a empresa em ordem.

É importante lembrar, ainda, que, atualmente, praticamente todo o processo fiscal é feito eletronicamente. Desde a emissão de NFe, até escriturações do SPED e envio de outras informações ao Governo.

Além de baixar a NFe completa, tecnologias de gestão como o Arquivei também fazem a Conferência de SPED, deixando a empresa tranquila com relação ao que foi entregue ao Governo, por exemplo. É também uma forma de garantir que as obrigações estão sendo cumpridas à risca.

Portanto, caso sua empresa ainda utilize uma conta bancária de pessoa física, é necessário atentar-se e regular tal situação o quanto antes. Ao "misturar" os patrimônios, a empresa mascara os resultados e isto pode gerar a interpretação de uma sonegação de impostos.

Um bom profissional de contabilidade é fundamental para ajudá-lo a cumprir tais obrigações. Conte com ele.


(*)Yasmin Amaral é Catalisadora de crescimento da Arquive

Esquerda ou direita?
Desde que o homem se viu em pé e olhou para o lado, vive em constante conflito, em luta permanente pela mulher e pelo território. A história da human...
Médicos-veterinários e zootecnistas comprometidos com transparência e inovação
Vivemos tempos decisivos. Momento de escolher quem irá nos representar pelos próximos anos. No mês em que o processo democrático fervilha no país, mé...
Qualidade para antever o futuro da indústria
A qualidade na indústria acompanha as constantes mudanças disruptivas, orquestradas pelos avanços das tecnologias e inovações que movem o mercado. Ca...
Nobel sinaliza sobre fragilidade da economia frente às variáveis ambientais
Dois americanos foram os vencedores do Prêmio Nobel de Economia este ano. Ambos escolhidos por seus estudos estarem relacionados com interações entre...


imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions