A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sábado, 23 de Setembro de 2017

29/08/2013 14:12

Deputado presidiário discursa e salva mandato

Por Luiz Flávio Gomes (*)

Natan Donadon, condenado a mais de 13 anos de prisão por desvio de mais de R$ 8 milhões da Assembleia Legislativa de Rondônia, por meio de contratos de publicidade fraudulentos, saiu do presídio da Papuda, fez um discurso emocionado e, no final, a Câmara dos Deputados deliberou manter o seu mandato parlamentar (na verdade, não foram alcançados os votos suficientes para cassá-lo).

Para o nativo humanoide P. Karhapitzchewisky “a questão é extremamente grave, colocando o Brasil na UTI da Recuperação Ética. A decisão reforça a imagem tenebrosa de um país politicamente degenerado, porque não rompe, em pleno século XXI, com a herança da rapinagem das guerras e do parasitismo do conquistador europeu, já reluzente no século XV”.

“A decisão da Câmara dos Deputados transmite a mensagem de que a pilhagem e o parasitismo criminoso compensam; que o saque aos bens públicos não merece reprovação moral dos seus pares; que o parlamentar, mesmo estando em regime fechado, depois de condenado por corrupção, ainda conta com o apoio dos condoídos comparsas de rapinagem, que não deram seus votos para completar o quorum da cassação. É da tradição do Brasil que deu errado uma grande admiração pelos salteadores desqualificados, que saqueiam os cofres públicos e entulham cadáveres, pouco importando o partido político ou a ideologia”.

Minha análise, concluiu o nativo humanoide, é de que “Os políticos brasileiros (salvo raras exceções), engolfinhados até o último fio de cabelo na mais lamacenta corrupção, seguindo a tradição das companhias de bandoleiros do século XVI (que o Ministro da Suprema Corte, Celso de Mello, chamou de “quadrilha de bandoleiros de estrada”), sem nenhuma noção mais de pátria, de religião, de ética, de moral, de país, de futuro, que cultuam desabridamente, no cargo público, o ilícito e o enriquecimento pessoal, chamado nas ocorrências das classes baixas de ladroagem, adoram mesmo o deus do malfeito, do saque, da corrupção, em suma, do parasitismo”.

Meus amigos: O Brasil que deu errado, como se vê, está caindo de podre. Se fosse algo possível, eu diria (utopicamente) que é hora de esquecer cinco séculos de pilhagem e parasitismo e construir um novo país, apagando-se da nossa memória e da nossa tradição as barbáries do nosso obscuro passado, que comandam até hoje as ações do presente.

(*) Luiz Flávio Gomes, jurista e professor. Fundador da Rede de Ensino LFG. Diretor-presidente do Instituto Avante Brasil

 

As deformações sobre o conteúdo (ataques e defesas) da reforma trabalhista
Recentemente li uma matéria no Jornal Valor Econômico, de 11 de setembro de 2017, que me deixou muito intrigado. Na verdade, perplexo. Com argumentaç...
A responsabilidade criminal dos sócios e administradores da empresa
A forte crise econômica tem refletido diretamente na diminuição das vendas pelas empresas. O resultado é a redução da arrecadação e do capital de gir...
A arte de viver em família
Família é algo maravilhosamente complicado. Uma manifestação artística que auxilia a lidar com seus pontos positivos e negativos está no filme romeno...
A importância da atividade física na adolescência
A ciência tem mostrado, há anos, que a prática de atividade física regular é garantia de saúde e, quando praticada desde cedo pelos jovens, pode otim...



Como diria Boris Casoy, nosso saudoso comentarista: ISTO É UMA VERGONHA!!
E com uma agravante: não sabermos quem foram nossos "representantes" que votaram contra a cassação do deputado presidiário. O povo precisa voltar às ruas para protestar DE NOVO contra estes políticos trambiqueiros.
 
Eugênio de Souza em 30/08/2013 07:41:29
Cade os jovens que estavam nas ruas, agora é o hora de derrubar o congresso acabar com essa ladroagem que estamos acostumados a ver todos os dias, vamos la juventude nos fizemos a nossa parte em 86 agora façam sua parte, VAMOS APROVEITAR O PRÓXIMO ANO QUE TEM ELEIÇÕES E FAZER UMA FAXINA VAMOS TROCAR TODO MUNDO, acho que já roubaram demais esse PAÍS.
 
joao braz em 29/08/2013 19:00:49
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions