A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 27 de Março de 2017

14/07/2016 15:14

Falta de energia elétrica e os prejuízos na pecuária leiteira, em Goiás

Por Edson Novaes (*)

Passam-se os anos e os problemas recorrentes da falta de energia elétrica permanecem. Há tempos o início do período chuvoso em Goiás é sinônimo de sistemáticas interrupções no sistema de energia elétrica para a zona rural do estado. Agora não tem tempo chuvoso ou seco: o problema se tornou constante e não tem tempo, nem hora.

Sempre os principais afetados são os produtores de leite, que perdem duas vezes: pelos prejuízos oriundos da perda do leite e do aumento dos custos de produção em virtude da aquisição e manutenção de geradores de energia. São centenas de milhares de litros de leite jogados fora todos os anos. Isso quando os prejuízos não aumentam em função de queima de equipamentos, ou por problemas com os animais pela não ordenha dos mesmos.

Há produtores que chegam a ficar entre quatro e cinco dias sem energia elétrica. São inúmeras as causas dos problemas que vão desde a rede, que não suporta a carga de energia, até a própria manutenção da mesma com galhos, que prejudicam e fazem a energia cair constantemente.

O sucateamento da malha da rede elétrica e a falta de investimentos estruturais são as principais causas de todos esses problemas. Faltam investimentos e pessoal para dar apoio aos produtores rurais.

E quando ocorrem os prejuízos? Quais as orientações para os produtores rurais? A orientação é fazer o registro através de um Boletim de Ocorrência na delegacia mais próxima e documentar todos os problemas, se possível com fotos. Essas precauções auxiliam no pedido de ressarcimento dos prejuízos para a concessionária de energia.

A Faeg (Federação de Agricultura e Pecuária de Goiás) tem diuturnamente encaminhado diretamente ou através do Concelg (Conselho de Consumidores da Celg), onde temos representante, as demandas relacionadas aos problemas de energia elétrica.

O Estado de Goiás é um Estado com bases econômicas fincadas no setor agropecuário. Resolver os problemas de infraestrutura e logística para dar resolver os problemas de competitividade do setor é sinônimo de desenvolvimento não só para os produtores, mas para os municípios e para o Estado como um todo.

É inadmissível um setor parar por falta de energia elétrica. A energia é insumo básico para a produção agropecuária. Sem ela, todo o trabalho que o produtor de leite vem fazendo para produzir um produto de qualidade, no intuito de fornecer um produto com segurança alimentar para toda a sociedade, fica perdido. O problema não fica restrito somente dentro da porteira. Os prejuízos fora da porteira por faltar energia dentro da propriedade são imensuráveis e alguns intangíveis.

Portanto, os produtores rurais continuarão sempre fazendo a sua parte. Produzindo produtos com qualidade para atender a população do nosso município, do nosso Estado, do nosso país e, também, gerando excedentes exportáveis para alimentar o mundo.

Esperamos que o Estado faça a sua parte, em resolver os problemas oriundos da falta de energia elétrica atingem o setor rural de Goiás.

(*) Edson Novaes é gerente de Estudos Técnicos e Econômicos da Faeg (Federação de Agricultura e Pecuária de Goiás)

Glifosato: o veneno está em todo lugar
O primeiro teste em alimentos para resíduos de glifosato realizado por laboratório registrado na Administração de Alimentos e Medicamentos dos Estado...
Falácias da terceirização
A Câmara dos Deputados aprovou, na quarta-feira, o projeto de lei que autoriza a terceirização do trabalho de forma irrestrita. Com esta aprovação, a...
Operação Carne Fraca: importância da fiscalização
“Quanto menos as pessoas souberem como são feitas as leis e as salsichas melhor elas dormirão” (Otto Von Bismarck -1815-1898). Esta frase famosa de B...
O custo da violência no trânsito brasileiro
A imprudência no trânsito mata cerca de 45 mil pessoas por ano no Brasil e deixa aproximadamente 600 mil com sequelas permanentes, conforme aponta o ...



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions