A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quinta-feira, 15 de Novembro de 2018

26/01/2013 10:15

O Brasil atrativo ao capital externo

Por ândido Vaccarezza (*)

O Brasil continuará a receber investimentos externos em 2013, apesar das profecias catastrofistas dealguns da oposição e da mídia. Um estudo realizado pelo International Business Report (IBR), divulgado pela empresa global de consultoria Grant Thorton, concluiu que cerca de 20% das empresas multinacionais planejam investir em diferentes áreas da economia brasileira. De acordo com esse estudo, os mais interessados em ampliar a presença no Brasil são empresas espanholas, americanas e argentinas.

Ainda segundo o relatório do IBR, devido aos problemas econômicos vividos pela Europa, Estados Unidos e Japão, os países emergentes continuam aparecendo como prioridades nas estratégias de investimentos dos grandes conglomerados multinacionais. A pesquisa mostra que quase 60% dos setores industriais planejam investir em pelo menos um das cinco economias emergentes (Brasil, China, Índia, Rússia e México).

O Brasil aparece como beneficiário das intenções de ampliação de investimento externo por várias razões, entre as quais se destacam as obras de infraestrutura que estão sendo realizadas para a Copa do Mundo de 2014 e para os Jogos Olímpicos de 2016; a descoberta de vastas reservas de petróleo na camada do pré-sal e o crescimento da capacidade de consumo de cerca de 30 milhões de brasileiros que foram incorporados ao mercado pelas políticas sociais dos governos Lula e Dilma.

Outro dado interessante do relatório do IBR é que as empresas dos países emergentes demonstram grande confiança nos seus negócios – nada menos que 34% das empresas do Brasil, China, Índia, Rússia e México – num forte contraste com o que acontece no chamado Primeiro Mundo, onde a confiança das empresas nesses países chega apenas a 3%. Como resultado dessa percepção, 79% das empresas dos países prevêem faturar mais no próximo ano e 68% acreditam que seus lucros serão maiores.

No Índice de Oportunidades nos Mercados Emergentes, ranking do IBR que traz indicadores como tamanho da economia, população, participação no comércio global e perspectivas de crescimento, entre outros, o Brasil aparece em 4º lugar, depois da China, Índia e Rússia.

Um dos reflexos dessa percepção é o fato de que, em 2013, o Brasil deverá ser o país que mais aumentará as contratações, segundo pesquisa da CareerBuilder. De acordo com essa pesquisa, 71% das empresas brasileiras pretendem aumentar o número de funcionários, enquanto 20% não planejam mudanças e apenas 5% pretendem realizar cortes.

Depois do Brasil, vem a Índia (67% das empresas pretendem contratar); a China (52%) e a Rússia (48%). Já as economias europeias apresentam as maiores perspectivas de demissões; na Alemanha, por exemplo, apenas 29% das empresas querem contratar novos funcionários.

Além disso, 80% dos empresários brasileiros entrevistados disseram que suas empresas estão melhor financeiramente em relação a um ano atrás.

Eses números desmentem uma acusação freqüente da oposição, de que a “interferência excessiva” do governo na economia e a “ausência” de uma política econômica consistente explicariam a diminuição de investimentos estrangeiros no Brasil. Sem o apoio de fatos, esses porta-vozes do fim do mundo agitam fantasmas como a volta da inflação e a fuga de capitais para justificar a volta das velhas políticas neoliberais – coisa que até mesmo seus inventores na Europa e Estados Unidos já descartaram.

(*) Cândido Vaccarezza é deputado federal (PT-SP).

Triste boa notícia
A leitura é um dos maiores prazeres da vida. Mergulhar fundo no mar de palavras de belezas naturais, que ficam maravilhosas quando juntadas com maest...
Fim do Ministério do Trabalho: avanço ou supressão de direitos?
Numa eleição marcada por antagonismos e forte polarização, todo ato do presidente eleito tem sido motivo de fortes críticas, com especial endosso e e...
Brasil — Vocação para o progresso
Nas comemorações dos 129 anos da Proclamação da República, reflitamos sobre o papel do Brasil no contexto mundial, que é também o de iluminar as cons...
Eu sou eu e...
A busca de orientação para nortear nossas vidas nos proporciona caminhos os mais variados. Na medida em que essa busca se realiza por meios que se ba...


imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions