ACOMPANHE-NOS    
ABRIL, DOMINGO  05    CAMPO GRANDE 20º

Cidades

“Eventos com aglomeração devem ser adiados ou cancelados”, diz secretário

Por Ângela Kempfer | 14/03/2020 15:52
Geraldo Rezende deu entrevista hoje em Dourados.(Foto: Ricardo Minellla/Divulgação)
Geraldo Rezende deu entrevista hoje em Dourados.(Foto: Ricardo Minellla/Divulgação)

“Ainda não temos transmissão local”, tranquilizou o secretário de saúde de Mato Grosso do Sul, Geraldo Rezende, após confirmar os dois primeiros casos de coronavírus em Campo Grande. Segundo ele, ambos foram contaminados fora do Estado, uma mulher de 23 anos voltou com a doença do Rio de Janeiro e um homem de 31 teve contato com pessoa infectada durante viagem a São Paulo.

“Os dois foram atendidos na quinta-feira e imediatamente entraram em isolamento. Agora estão em casa, com proteção individual, usando máscaras”, explica o secretário.

Mesmo assim, o Estado agora avança nas ações de contenção da doença. A primeira mudança é em relação aos eventos com aglomeração de gente. “Todos os eventos esportivos e artísticos devem ser adiados ou cancelados”, orienta Geraldo Rezende.

Segundo ele, a Secretaria de Saúde vai entrar em contato com organizadores desse tipo de evento para solicitar a colaboração. Sobre aulas na rede de ensino. Geraldo informa que ainda não é recomendado o fechamento de escolas e faculdades.

“O fechamento de escolas pode levar a várias famílias a terem que deixar seus filhos com seus avós. Nas crianças, a COVID-19 tem se apresentado de forma leve e a letalidade é próximo a zero; já no idoso, a letalidade aumenta muito. No idoso com mais de 80 anos e comorbidades, a letalidade é em torno de 15%. Portanto o fechamento de escolas em cidades em que os casos são importados ou a transmissão local pode ser prejudicial para sociedade. Esta orientação é dinâmica, podendo ser modificada, conforme a evolução do número de casos no Estado, particularmente nas cidades em que a houver transmissão comunitária confirmada”, esclarece nota da Secretaria de Saúde do Estado.