A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 14 de Outubro de 2019

08/07/2019 12:32

Além de filho, advogada e marido são alvos de novos mandados de prisão

O Gaeco cumpriu 16 mandados de prisão, sendo dois contra policiais civis, e 11 de busca e apreensão

Anahi Zurutuza
Mary Stella posa para foto (Foto: Facebook/Reprodução)Mary Stella posa para foto (Foto: Facebook/Reprodução)

Presos em Campo Grande desde junho, a advogada Mary Stella Martins de Oliveira e o marido dela Ronaldo Oliveira foram alvos de novos mandados de prisão nesta segunda-feira (8), durante a Operação Balcão de Negócios, do Gaeco (Grupo de Atuação Especial e Combate ao Crime Organizado).

Matheus Oliveira, filho de Mary Stella, também foi preso preventivamente (por tempo indeterminado). “Ainda não sabemos nenhum informação sobre o motivo das prisões. O Matheus eu consegui falar já, mas ele não tem ideia de quais as acusações que pesam sobre ele”, explica o advogado Antônio Cicalise Neto, que defende a família.

O defensor diz que o processo tramita em sigilo e que tentará acesso aos autos na tarde de hoje.
Mary Stella foi presa no dia 15 de junho por suspeita de envolvimento com o sumiço de cocaína da 1ª DP (Delegacia de Polícia) de Aquidauana. O marido dele foi pego dias depois, porque durante a investigação, o carro em que a droga foi transportada, um Toyota Corolla, foi localizado com ele.

Outra família está envolvida, conforme a apuração. No mês passado, o dono do veículo e os pais dele foram presos. Na residência do casal, aliás, foram encontrados petrechos de pesagem e preparo da droga e até vídeos do homem manuseando os equipamentos para esse fim. O proprietário do veículo já foi preso por tráfico de 200 quilos de cocaína em São Paulo e, em 2012, foi pego com maconha no Indubrasil.

Equipe da Corregedoria-Geral chegando à sede do órgão na Sejusp depois de acompanhar ação do Gaeco em Aquidauana (Foto: Equipe da Corregedoria-Geral chegando à sede do órgão na Sejusp depois de acompanhar ação do Gaeco em Aquidauana (Foto:

A operação – Nesta segunda-feira, o Gaeco cumpriu 16 mandados de prisão, sendo dois contra policiais civis, e 11 de busca e apreensão.

Em Aquidauana, segundo o delegado-geral Marcelo Vargas, as casas dos policiais Gil Emerson Vasconcelos Santana e Paulo César dos Reis foram vasculhadas e ainda a sede da 1ª DP. Os dois agentes foram presos, um deles, que estava na Capital, foi levado para a Corregedoria-Geral.

A ação também apreendeu 23 armas, documentos e diversas munições numa residência da cidades. Parte das munições apreendidas de calibre 12 foi encontrada dentro do guarda-roupas de um dos alvos.

A Operação Balcão de Negócios investiga crimes de organização criminosa dedicada ao tráfico de drogas, de armas e corrupção policial. O trabalho se concentra em Campo Grande e Aquidauana.

imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions