ACOMPANHE-NOS    
MARÇO, QUINTA  04    CAMPO GRANDE 23º

Cidades

Buser passa a vender passagens saindo da rodoviária de Campo Grande

Por enquanto, estão sendo oferecidos dois trechos, para Cuiabá no Mato Grosso e para Brasília

Por Marta Ferreira | 19/01/2021 15:57
Guichê da São Luiz na rodoviária de Campo Grande. Empresa agora tem passagens vendidas pela Buser. (Foto: Arquivo Campo Grande News)
Guichê da São Luiz na rodoviária de Campo Grande. Empresa agora tem passagens vendidas pela Buser. (Foto: Arquivo Campo Grande News)

A Buser, empresa que comercializa viagens de ônibus por meio tecnologia parecida à dos aplicativos de transporte como Uber, passou a vender passagens saindo do terminal rodoviário de Campo Grande.

Por enquanto, são oferecidos dois destinos: Brasília (DF) e Cuiabá (MT).

Até agora, a empresa tinha pontos específicos para embarques,  em ônibus fretados. Na rodoviária, segundo a Buser divulgou, são passagens das rotas administradas por empresas de linhas tradicionais.

Aparece no aplicativo e no site da empresa a opção de viajar pela empresa São Luiz.

Mudanças - Conforme descrito pela Buser, as empresas que ingressarem na plataforma passarão a ofertar aos passageiros itens tecnológicos de segurança, como o serviço de suporte 24h da empresa, com atendimento pelo chat direto no aplicativo, além de alterações ou cancelamentos de viagens sem custo.

 Hoje, a Buser oferece viagens via app colaborativo para 170 cidades e afirma ter uma frota de parceiros de mais de 550 ônibus.

 No novo serviço,  são  20 destinos em 5 estados ( MS, MT, MG, GO, SP), além do Distrito Federal. A meta anunciada é multiplicar essa operação ainda no primeiro trimestre de 2021

Polêmica – Em Campo Grande,  até agora a empresa operava com um ponto no bairro Amambaí em Campo Grande e outro no shopping Campo Grande, na Avenida Afonso Pena.

Esse segunda parada, inclusive, foi motivo de reclamações de vizinhos, moradores de prédios próximos ao centro comercial, por causa do barulho. A empresa tentou fazer embarques no ponto de ônibus na Afonso Pena, mas também foi impedida pela prefeitura, por ser local exclusivo do transporte público.

Procurada sobre isso, a Buser disse que mudaria o local de embarque até o fim do mês. Não foi divulgado ainda o novo lugar.

Nos siga no Google Notícias
Regras de comentário