ACOMPANHE-NOS    
ABRIL, SÁBADO  17    CAMPO GRANDE 28º

Cidades

Capital já tem 96% das UTIs ocupadas

Boletim epidemiológico atualizou dados do coronavírus em Mato Groso do Sul, que acumula mais de 3,4 mil óbitos

Por Guilherme Correia | 07/03/2021 10:55
Profissional de saúde insere dose de vacina na seringa (Foto: Kisie Ainoã)
Profissional de saúde insere dose de vacina na seringa (Foto: Kisie Ainoã)

Boletim epidemiológico deste domingo (7) traz 542 infectados e 13 mortos por covid-19 em Mato Grosso do Sul, registrados nas últimas 24 pelo governo estadual. Com isso, soma-se 91 mortes pelo coronavírus apenas em março de 2021.

Conforme o documento, já estão ocupados 96% dos leitos de terapia intensiva de hospitais públicos e privados da macrorregião de Campo Grande, que engloba a Capital e outros 18 municípios.

O mesmo alto índice de lotação é verificadona Macrorregião de Dourados, isso inclui todas as UTIs, seja as exclusivas para covid ou não. Incluindo pacientes em leitos clínicos e em UTI's (Unidades de Terapia Intensiva), em todas as unidades de saúde do Estado, há 672 pessoas hospitalizadas.

Ontem, o prefeito de Campo Grande, Marquinhos Trad (PSD), afirmou que vai buscar na Justiça a reabertura de leitos de UTI para covid-19 que foram desabilitados pelo governo federal no ano passado, quando os números começaram a cair. Bahia, Maranhão e São Paulo já conseguiram isso via STF (Supremo Tribunal Federal).

"Nós temos 295 leitos hoje. Queremos ampliar para 332, como já foi possível no pico da doença, no ano passado. Vou buscar dialogar com o governo federal, mas como outros estados não conseguiram, vou entrar com uma ação contra a União".

Boletim atualizado - Ao todo, ao longo dos quase 12 meses de pandemia, o Estado já confirmou 187,6 mil casos da doença. A maior parte, aproximadamente 174 mil, conseguiram se curar da virose, mas 3.444 pessoas não resistiram e morreram.

As novas vítimas fatais eram de Campo Grande (8), Corumbá, Bela Vista, Selvíria, Naviraí e Juti.

Com isso, cerca de 10,2 mil sul-mato-grossenses estão, atualmente, com o vírus, e se dividem entre aqueles que fazem isolamento domiciliar (quarentena) e os que estão internados em leitos clínicos ou de UTI.

O boletim elaborado pela SES (Secretaria Estadual de Saúde) também indica que mais de 607 mil notificações, envolvendo o coronavírus, foram feitas pelas autoridades em saúde. Desses, 412 mil foram descartados - ou seja, exames qe deram negativo.

Por fim, o documento também indica que 1,5 mil testes ainda estão sendo analisados pelo Lacen (Laboratório Central de Mato Grosso do Sul), o que pode vir a acrescer a contagem de casos da doença.

Nos siga no Google Notícias
Regras de comentário