ACOMPANHE-NOS    
SETEMBRO, SÁBADO  26    CAMPO GRANDE 29º

Cidades

Com mais de 500 mortes por covid, MS já tem a maior alta em óbitos do País

Casos aumentaram 36% em 15 dias, reflexo da interiorização da doença que faz do centro-oeste a região com a curva mais acelerada

Por Izabela Sanchez | 09/08/2020 10:26
Saidinha para as compras do dia dos pais mostra aglomeração no centro de Campo Grande, no sábado (8) (Foto: Henrique Kawaminami)
Saidinha para as compras do dia dos pais mostra aglomeração no centro de Campo Grande, no sábado (8) (Foto: Henrique Kawaminami)

Pela primeira vez desde março, quando a OMS (Organização Mundial de Saúde) declarou a covid-19 como pandemia, Mato Grosso do Sul, sozinho, é responsável por alavancar a curva brasileira da doença e é destaque em levantamento nacional pelo aumento de casos. Nos últimos 15 dias o salto foi de 36% nas contaminações do novo coronavírus.

É o que mostra reportagem do O Globo neste domingo (9). A divulgação de casos que ocorre todos os dias às 8h (9h no horário de Mato Grosso do Sul) graças a um consórcio da imprensa brasileira, indica, neste domingo, 533 novos casos.

Conforme cita o jornal, são mais de 3 milhões de casos acumulados e 100.546 óbitos. “Ambas as marcas foram ultrapassadas no último sábado, seis meses após a primeira infecção pelo vírus ser confirmada no país, em 26 de fevereiro, em São Paulo; o primeiro óbito foi registrado no dia 12 de março, também na capital paulista”.

Maior que a região – O Globo mostra que Mato Grosso do Sul está com aumento ainda maior do que a região centro-oeste, que nos últimos 15 dias teve ampliação de 15% na curva da covid.

No Estado, são mais 103 vítimas fatais registradas nos últimos 7 dias. Para entender o aumento rápido e numeroso, basta consultar o número total de mortes em Mato Grosso do Sul no sábado passado (1 de agosto): 389 mortes.

Agora, o estado já tem 509 mortes, ou seja, ultrapassou a marca de 500 pessoas levadas pela doença pela primeira vez neste domingo (9), conforme mostra boletim da SES (Secretaria Estadual de Saúde).

A média subiu para 14,7 óbitos registrados no boletim a cada dia em Mato Grosso do Sul. Na semana anterior, foram 97 mortes oficialmente, uma média de 13 sepultamentos a cada dia.

Mato Grosso do Sul superou ontem (8) os 30 mil infectados pelo novo coronavírus. O total de testes positivos saltou para 30.707 ontem, 40% apenas em Campo Grande, o epicentro da covid, que arrasta judicialmente uma discussão de lockdown, a medida mais rígida para controle da curva. A semana acabou com quase 5 mil casos novos, cerca de 710 ao dia, quase 30 a cada hora.

Regras de comentário