ACOMPANHE-NOS    
ABRIL, SÁBADO  17    CAMPO GRANDE 19º

Cidades

Doses já chegaram ao interior depois de operação na madrugada

Último caminhão com vacinas saiu da central de distribuição antes das 4h

Por Anahi Zurutuza, Bruna Marques e Guilherme Correia | 19/01/2021 07:27
Vacinas foram levadas até central de distribuição, de onde saíram caminhões para o interior; nesta manhã, não havia movimentação no local (Foto: Henrique Kawaminami)
Vacinas foram levadas até central de distribuição, de onde saíram caminhões para o interior; nesta manhã, não havia movimentação no local (Foto: Henrique Kawaminami)

As doses da CoronaVac destinadas ao interior de Mato Grosso do Sul começaram a chegar aos municípios ainda na madrugada desta terça-feira (19).

"Passamos a noite e madrugada entregando. As vacinas já estão nos municípios [na maior parte, ao menos]!", comemorou o secretário estadual de Saúde, Geraldo Resende.

O último caminhão com vacinas saiu da CAF (Coordenadoria de Assistência Farmacêutica) da SES (Secretaria Estadual de Saúde), no Parque dos Poderes, em Campo Grande, antes das 4h. O destino eram as cidades Glória de Dourados, Vicentina, Deodápolis, Ivinhema, Novo Horizonte do Sul, Angélica, Taquarussu, Batayporã, Nova Alvorada, Anaurilândia, Bataguassu, Brasilândia e Jateí.

A cidade mais distante, Anaurilândia, fica a 371 km da Capital, cerca de 4 horas e meia na estrada. O carregamento deve chegar por lá agora às 8h.

O envio das doses de vacina contra covid-19 para os pontos de vacinação em Campo Grande começou às 19h45 e às 20h de ontem, cargas começaram a ser destinadas aos municípios. Veja na tabela os horários e para onde foram os caminhões com as doses:

As 158.760 ampolas da CoronaVac chegaram na Capital por volta das 15h dessa segunda-feira (18). O transporte foi feito por uma aeronave da FAB (Força Aérea Brasileira) e equipes da Polícia Federal e Polícia Rodoviária Federal fizeram a escolta do caminhão até o pátio da central de distribuição.

Das 158 mil doses, 97 mil serão destinadas para a população indígena e o restante para idosos que vivem em asilos ou com idade a partir de 75 anos, além dos profissionais que atuam na linha de frente no enfrentamento à covid-19. No total, 79 mil pessoas serão imunizadas já que cada uma tem de tomar duas doses.

Na tarde de ontem, isopores contando o imunizante sendo descarregados na central de distribuição de SES para o início da logística de envio para o interior (Foto: Paulo Francis)
Na tarde de ontem, isopores contando o imunizante sendo descarregados na central de distribuição de SES para o início da logística de envio para o interior (Foto: Paulo Francis)


Nos siga no Google Notícias
Regras de comentário