ACOMPANHE-NOS    
JUNHO, SEGUNDA  01    CAMPO GRANDE 19º

Cidades

Em dez dias, barreiras abordaram 44 mil pessoas e encontram 37 casos suspeitos

Dezessete casos são os integrantes do primeiro grupo de repatriados que chegaram à Corumbá vindos da Bolívia

Por Adriano Fernandes | 08/04/2020 23:15
Medição de temperatura em passageira do aerorporto de Campo Grande. (Foto: Henrique Kawaminami)
Medição de temperatura em passageira do aerorporto de Campo Grande. (Foto: Henrique Kawaminami)

Em dez dias de fiscalização as 17 barreiras sanitárias instaladas nas divisas de municípios e no Aeroporto Internacional de Campo Grande abordaram 44,6 mil pessoas em mais de 22 mil meios de transportes que vão desde aeronaves a veículos. Até esta quarta-feira (08), 37 casos foram tratados como suspeitos do novo coronavírus, durante abordagens.

A maioria deles, dezessete ao total, são os integrantes do primeiro grupo de repatriados que chegaram à Corumbá vindos da Bolívia. Porém, todos passaram por atendimento com infectologistas e os casos foram descartados. Vinte pessoas com suspeita de estarem com a doença foram orientadas a entrar em isolamento domiciliar por 14 dias ou buscar uma unidade de saúde.

A operação que busca frear a contaminação do novo coronavírus, conta com policiais militares, bombeiros militares e servidores da Iagro. O Aeroporto Internacional de Campo Grande registra até o momento 1.163 pessoas abordadas em 22 aeronaves.

Na Base de Fiscalização Móvel Aporé, em Cassilândia, 1.884 pessoas em 900 meios de transporte foram fiscalizados. No Posto Fiscal XV de Novembro, localizado na BR-267, no município de Bataguassu divisa com São Paulo, abordou 9.261 pessoas em 5.127 meios de transportes.

No Posto Fiscal Jupiá, em Três Lagoas, foram 7.553 pessoas em 3.462 meios de transportes. O Posto Fiscal Ilha Grande, em Mundo Novo, abordou 2.479 pessoas em 1.535 meios de transporte. Em Anaurilândia, o Posto Fiscal Ofaié, contabiliza abordagem de 3.157 pessoas em 1.931 meios de transportes.

A base de fiscalização Campo Bom, em Chapadão do Sul, contabiliza 3.748 pessoas abordadas em 1.650 meios de transportes. Já em Selvíria 3.161 pessoas foram fiscalizadas em 1.163 meios de transportes. Em Corumbá, o Posto Esdras, possui registro de 774 pessoas abordadas em 66 meios de transportes.  As demais unidades de fiscalização totalizam 11.416 pessoas abordadas em 6.195 meios de transportes.

Com o Posto de Corumbá, as unidades do Ceasa e Guia Lopes da Laguna, Mato Grosso do Sul conta atualmente com 17 barreiras sanitárias em operação.  A Comissão de Controle Sanitário de Mato Grosso do Sul informou que até o momento não há casos positivos de brasileiros que entraram no país por Corumbá.

Campo Grande News - Conteúdo de Verdade