ACOMPANHE-NOS    
AGOSTO, DOMINGO  09    CAMPO GRANDE 29º

Cidades

Governo define empresa para obra de R$ 42,5 milhões na região de fronteira

Obra de pavimentação da rodovia MS-156 vai passar por Coronel Sapucaia e Aral Moreira

Por Leonardo Rocha | 07/07/2020 11:47
Sede da Agesul, no Parque dos Poderes, em Campo Grande (Foto: Edemir Rodrigues - Governo MS)
Sede da Agesul, no Parque dos Poderes, em Campo Grande (Foto: Edemir Rodrigues - Governo MS)

A empresa Sollis Terraplanagem venceu a licitação para realizar a obra de pavimentação asfáltica na rodovia MS-165, no trecho que passa pelo distrito de Sanga Puitã e nas cidades de Aral Moreira e Coronel Sapucaia, na região de fronteira de Mato Grosso do Sul, com o Paraguai.

A obra vai custar R$ 42,5 milhões, em uma extensão de 31,82 quilômetros, passando pelos municípios de Aral Moreira e Coronel Sapucaia. Com a definição da empresa vencedora, agora a Agesul (Agência de Gestão e Empreendimentos) vai firmar o contrato para realização da obra e depois assinar a ordem de serviço.

Este projeto está incluído no pacote de obras do governo estadual, lançado em março, que visa investir R$ 4,2 bilhões em diferentes áreas do Estado, entre elas o setor de logística e infraestrutura, com a pavimentação da malha viária e vias públicas.

O governo estadual vem priorizando as obras em rodovias e estradas no extremo sul do Estado, na região de fronteira com o Paraguai, porque além de ajudar no trânsito e tráfego local, também melhora o escoamento da produção, já criando as saída e acesso a rota bioceânica, que vai ligar o Estado aos países da América Latina, para chegar com distância menor ao Oceano Pacífico.

Nos anos anteriores, por exemplo, também foram concluídas as obras de restauração asfáltica em todo trecho da MS-289, entre as cidades de Amambai e Coronel Sapucaia, se trataram de 40 quilômetros de extensão, em um investimento de R$ 27 milhões, com recursos do Fundersul (Fundo de Desenvolvimento do Sistema Rodoviário de Mato Grosso do Sul).