ACOMPANHE-NOS    
MAIO, QUARTA  25    CAMPO GRANDE 27º

Cidades

MS recebe doses de reforço, mas vacinas para crianças chegam só a partir de 5ª

Lote mais recente detalhado pelo Ministério é de vacinas da Pfizer a adultos; infantis terão dosagem diferente

Por Guilherme Correia | 10/01/2022 07:59
Ampolas de vacinas da Pfizer, que deverão chegar ao Estado; doses infantis terão outra dosagem. (Foto: Divulgação)
Ampolas de vacinas da Pfizer, que deverão chegar ao Estado; doses infantis terão outra dosagem. (Foto: Divulgação)

Mato Grosso do Sul deve receber 164.970 doses de vacina contra a covid-19, da Pfizer, a serem utilizadas como reforço em adultos. Em documento publicado na semana passada, o Ministério da Saúde anunciou que o encaminharia a partir da última quarta-feira, dia 5, mas a distribuição de imunizantes ainda não foi publicada em Diário Oficial do Estado.

Vale ressaltar que a previsão da pasta federal é de encaminhar as vacinas para crianças de cinco a 11 anos a partir da próxima quinta-feira (13). No entanto, o detalhamento deste outro lote ainda não foi feito.

No último repasse, foram encaminhadas também 259,5 mil seringas descartáveis para aplicação dos imunizantes.

O assessor militar da SES (Secretaria Estadual de Saúde), coronel Marcello Fraiha, explicou ao Campo Grande News que a estimativa para início da imunização dos mais jovens depende em não haver imprevistos no cronograma.

"Estamos aptos para iniciar essa aplicação das doses no dia subsequente à chegada. Elas chegam, são distribuídas nos municípios, provavelmente, se tudo der certo, no dia 14, e no dia subsequente, temos capacidade de iniciar. Isso, caso a nossa logística não tenha nenhum tipo de atraso."

Segundo ele, as doses serão enviadas pelo Ministério da Saúde na quinta-feira (13), encaminhadas às cidades no dia seguinte, e no sábado (15), deverá acontecer o início da campanha. "As doses chegarão no Brasil provavelmente no dia 13 de janeiro de 2022. Se a logística não ocorrer atrasos, as doses chegarão aos estados no dia 14 e o Mato Grosso do Sul estará pronto, em condições de iniciar a vacinação, imediatamente, dessas crianças."

Vacinação - A Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária) aprovou o uso de tais imunizantes desde meados de dezembro. Atualmente, somente indivíduos acima de 12 anos se vacinam contra o coronavírus. As novas doses infantis - para cinco a 11 anos - terão dosagem diferente das demais.

Nos siga no Google Notícias