ACOMPANHE-NOS     Campo Grande News no Facebook Campo Grande News no Twitter Campo Grande News no Instagram
JULHO, QUINTA  18    CAMPO GRANDE 21º

Cidades

Mutirão de cirurgias eletivas terá R$ 3,2 milhões para desafogar fila em MS

Governo do Estado, que executa programa, listou procedimentos aptos

Por Cassia Modena | 23/11/2023 12:05
Cirurgia realizada em Fátima do Sul, por meio do programa (Foto: Álvaro Rezende/Governo de MS)
Cirurgia realizada em Fátima do Sul, por meio do programa (Foto: Álvaro Rezende/Governo de MS)

O mutirão de cirurgias eletivas, que o Governo de Mato Grosso do Sul realiza com o nome de "MS Saúde: Mais Saúde, Menos Filas", terá mais R$ 3,2 milhões para desafogar a fila de espera de pacientes do SUS (Sistema Único de Saúde). O investimento foi formalizado em resolução publicada nesta quinta-feira (23), no Diário Oficial do Estado.

O recurso deverá ser usado nas cirurgias agendadas ou a serem agendadas entre este mês de novembro e abril de 2024. São 61 diferentes tipos de procedimentos aptos a entrar no programa, entre eles os que tratam varizes, anomalias no crânio, face e pescoço, incluindo problemas dentários.

As prefeituras interessadas em agendar as cirurgias e receber recursos do mutirão para isso deverão manifestar interesse à Secretaria Estadual de Saúde no prazo de cinco dias. O número de procedimentos previstos terá de ser informado.

O mutirão - Na primeira etapa, o programa envolveu 37 instituições de saúde de 32 municípios no mutirão de cirurgias, além de a maior parte deles também realizar exames diagnósticos.

Até o fim deste ano, está prevista a realização de 15 mil cirurgias eletivas em diversas especialidades, entre elas: oftalmologia, otorrinolaringologia, cirurgia vascular, cirurgia geral e ortopedia.

Ele conta com R$ 45 milhões de recursos estaduais e R$ 7,9 milhões de recursos federais para atender a população.

Receba as principais notícias do Estado pelo Whats. Clique aqui para acessar o canal do Campo Grande News.

Nos siga no Google Notícias