ACOMPANHE-NOS     Campo Grande News no Facebook Campo Grande News no Twitter Campo Grande News no Instagram
ABRIL, TERÇA  16    CAMPO GRANDE 25º

Cidades

Na contramão do país com 113 mortes por dengue, MS segue com casos suspeitos

Apenas três óbitos no Estado tiveram material coletado para investigação em análise do laboratório

Por Gabriela Couto | 19/02/2024 21:56
Mosquito Aedes Aegypti em imagem aproximada pousa em mão humana (Foto: Ministério da Saúde)
Mosquito Aedes Aegypti em imagem aproximada pousa em mão humana (Foto: Ministério da Saúde)

Desde 1º de janeiro, 113 pessoas morreram em todo o país em decorrência de infecção por dengue. De acordo com o painel de monitoramento de arboviroses do Ministério da Saúde, há ainda 438 mortes em investigação para a doença.

No entanto, em Mato Grosso do Sul o último levantamento aponta que há três óbitos suspeitos da doença. Conforme o painel público da saúde da SES (Secretaria de Estado de Saúde) registra 936 casos confirmados, sendo 28 em gestantes.

Já no painel de monitoramento de arboviroses do governo federal, o Mato Grosso do Sul tem coeficiente de incidência 113,4  para cada 100 mil habitantes. Realidade bem diferente do restante do país.

O Distrito Federal registra, atualmente, o maior coeficiente de incidência (2.814,5), seguido por Minas Gerais (1.061,7), Acre (644,7), Paraná (611,6) e Goiás (569,6). Em número de casos absolutos, Minas Gerais aparece em primeiro lugar (218.066). Em seguida estão São Paulo (111.470), Distrito Federal (79.287), Paraná (69.991) e Rio de Janeiro (49.263).

Receba as principais notícias do Estado pelo Whats. Clique aqui para acessar o canal do Campo Grande News e siga nossas redes sociais.

Nos siga no Google Notícias