ACOMPANHE-NOS    
AGOSTO, TERÇA  09    CAMPO GRANDE 12º

Cidades

OAB suspende por 30 dias atuação de advogada do "Sintonia dos Gravatas"

Paula foi um dos quatro profissionais de Direito presos pelo Gaeco na Operação Courrier

Por Lucia Morel | 03/05/2022 15:16
Advogada Paula Tatiane Monezzi, em imagem das redes sociais. (Foto: Redes sociais)
Advogada Paula Tatiane Monezzi, em imagem das redes sociais. (Foto: Redes sociais)

A advogada Paula Tatiane Monezzi teve suspensa sua atuação na área pela OAB/MS (Ordem dos Advogados do Brasil – Seccional de Mato Grosso do Sul) em cumprimento a decisão judicial proferida pelo Tribunal de Justiça de Mato Grosso do Sul. A aplicação da penalidade de sanção disciplinar consta em comunicado oficial da ordem e tem prazo de 30 dias.

Paula foi um dos quatro profissionais de Direito presos pelo Gaeco (Grupo de Atuação Especial de Repressão ao Crime Organizado), na Operação Courrier, em 25 de março.

Eles são acusados de fazerem parte “Sintonia dos Gravatas”, responsável por dar suporte à facção PCC (Primeiro Comando da Capital) levando mensagens de presidiários para faccionados que atuam de fora da cadeia e vice-versa.

Defesa - O advogado de Paula Tatiane, Carlos Alberto Corrêa Dantas procurou o Campo Grande News questionando a suspensão e alegando que a informação seria falsa, o que foi desmentido pela própria OAB/MS.

Carlos Alberto disse ainda que não há decisão do Tribunal de Ética da entidade sobre a advogada - ela responde a processo disciplinar - e que, por isso, não poderia ser dada publicidade a alguma suspensão.

No entanto, em nota, o secretário-geral da Ordem, Luiz Renê Gonçalves do Amaral escreveu que "a OAB/MS esclarece que, conforme consta na publicação oficial, deu-se cumprimento a uma decisão judicial de suspensão do exercício profissional" e acrescenta que "em razão de sigilo legal, não comenta a respeito de processos ético-disciplinares ainda pendentes de decisão condenatória com trânsito em julgado", citando o procedimento que está em andamento na própria entidade.

(*) Matéria alterada às 18h34 para acréscimo de informação.

Nos siga no Google Notícias

Veja Também